Domingo, 17 de Novembro de 2019
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº1063
Menu

PRIMEIRAS EDIçõES >

Amarelinha feia e cara

Por lgarcia em 06/02/2002 na edição 158

PICADEIRO

Será que ninguém na imprensa vai comentar o mau gosto da nova camisa da Seleção? E o preço? Uma vergonha que a mídia de um país de endividados e mal-pagos aceite sem protesto o custo de 198 reais, salgado até para abonados (82,12 dólares pelo câmbio de 1?/2).

O Estadão destacou a inovação tecnológica do material, um tal de "cool motion", que o leitor, para saber do que se trata, tem que pesquisar na internet. Será que a imprensa não pode chamar Iesa Rodrigues, Regina Martelli, Glória Kalil e outras jornalistas de moda para avaliar nosso design de roupa esportiva? (M.C.)

 

A direção do jornal suíço de língua francesa Le Temps, editado em Genebra, decidiu aplicar, durante o mês de fevereiro, multa simbólica de 5 francos suíços (equivalentes a 2,9 dólares, algo como 7 reais) a todo jornalista que escreva uma palavra errada ou construa uma oração de maneira incorreta. A informação é da agência France Presse [4/2/02].

O diretor de redação do diário, não
identificado no despacho, afirmou, ao declarar fevereiro o mês
da ortografia, querer "sensibilizar a redação
para as falhas que afetam a qualidade do jornal". Segundo ele,
o que importa não é a multa, "mas que se tome
consciência de que um bom jornal deve conter boas matérias
e textos bem-escritos". A iniciativa suscitou reação
imediata da redação, que convocou assembléia
para questionar a medida "sumária, autoritária
e policial" da chefia.

No Brasil, se a moda pega decerto contribuirá para agravar o achatamento salarial da categoria. (L.E)

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem