Sexta-feira, 17 de Novembro de 2017
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº966

PRIMEIRAS EDIçõES > TELETIPO

Amazon.com na mira do Kremlin

Por lgarcia em 14/05/2003 na edição 224

TELETIPO

O Amazon.com despertou a ira de um ex-espião soviético. Graças a uma resenha publicada no sítio, Alexander Vassiliev, co-autor do livro The Haunted Wood: Soviet Espionage in America ("A Floresta Assombrada: Espionagem soviética na América"), talvez não possa mais vender os direitos de filmagem e transmissão em TV. Vassiliev, então, entrou com ação de difamação contra o Amazon. A resenha que suscitou a ira do ex-kremlin foi feita por um cliente do sítio, John Lowenthal, um advogado britânico que diz que os documentos que Vassiliev afirma ter visto não podem ser comprovados como autênticos. A Amazon afirmou que as críticas pessoais não refletem os pontos de vista da companhia, declarando ter o espaço aberto a comentários de qualquer cliente. Informações da Media Life [6/5/03].

A ONG Repórteres Sem Fronteiras protestou no dia 5/5 contra o confisco de fitas de vídeo de Bernard Briançon, jornalista free-lance francês que fazia uma reportagem em Cuba sobre a recente repressão a 78 dissidentes, aos quais foram dadas pesadas sentenças de prisão durante março e abril. Entre o material apreendido estava uma entrevista com a esposa de um dos 26 jornalistas presos. Briançon foi detido no aeroporto de Havana, em 4/5, onde o material foi confiscado. Robert Ménard, secretário-geral dos RSF, afirmou que "depois de censurar e encarcerar jornalistas independentes, o governo agora tenta censurar suas famílias para que o mundo se esqueça dos que foram presos", em carta ao ministro do Interior de Cuba, Abelardo Colomé Ibarra.

Nelson Mandela e a MTV americana juntaram forças em uma campanha de luta contra a AIDS. A MTV, cujos videoclipes são a atração de uma grande e jovem audiência internacional, anunciou que está produzindo um documentário sobre o ex-presidente da África do Sul, o qual convidou jovens de todo o mundo a sua casa em Johannesburgo para participar do filme discutindo os pontos que mais os preocupam. Mandela, que tem liderado campanhas de prevenção a AIDS, disse que, com metade de todas as novas infecções de HIV atingindo pessoas com menos de 25 anos, os jovens de hoje têm decisões mais difíceis para tomar do que em qualquer outro período da história. O documentário de uma hora deve ir ao ar em julho nas estações da MTV ao redor do mundo, atingindo cerca de um bilhão de espectadores. Informações de Paul Majendie [Reuters, 7/5/03].

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem