Domingo, 20 de Agosto de 2017
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº954

PRIMEIRAS EDIçõES > TELETIPO

Americanos acham mídia muito liberal

Por lgarcia em 14/10/2003 na edição 246

TELETIPO

Mesmo sendo acusada ? inclusive por seus próprios funcionários ? de apoiar incondicionalmente a Casa Branca durante a guerra ao Iraque, a mídia dos EUA é alvo de crítica de cerca de metade dos americanos, que a acham liberal demais. Apenas 14% dos americanos acham a mídia conservadora, de acordo com pesquisa do Gallup para o segundo aniversário do 11 de setembro. "O sucesso de audiência da Fox News deve-se em parte a sua tentativa de atender ao público conservador que acha a mídia tradicional muito liberal", disseram os autores do relatório, Frank Newport e Joseph Carroll. Atualmente, apenas 54% têm grande ou considerável confiança na mídia, comparados a 60% no presidente, 63% no Congresso e Senado e 67% nos tribunais. Informações de John Plunkett [The Guardian, 8/10/03].

A Comissão Federal de Comunicações americana (FCC, sigla em inglês) decidiu que Bono Vox, vocalista da banda U2, não violou as regras de indecência em rede nacional ao cometer uma obscenidade durante a transmissão do Globo de Ouro deste ano. Em 6/10 o governo rejeitou a reclamação oficializada pelo Parents Television Council e outros órgãos vigilantes do conteúdo televisivo devido a um palavrão que o artista soltou. "A palavra ?f***ing? pode ser rude e ofensiva, mas, naquele contexto, não descreveu órgãos ou atividades sexuais ou excretórias", determinou a comissão, que afirmou que a palavra fora usada como adjetivo ou elemento de ênfase a uma exclamação. Informações de Brooks Boliek [The Hollywood Reporter, 7/10/03].

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem