Quinta-feira, 23 de Novembro de 2017
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº967

PRIMEIRAS EDIçõES > MÍDIA & GUERRA

Anunciantes ariscos

Por lgarcia em 19/02/2003 na edição 212

MÍDIA & GUERRA

As companhias de mídia estão se preparando para a debandada de anunciantes em caso de guerra. Empresas automobilísticas e construtoras são algumas das que provavelmente vão tirar anúncios do ar e alterar campanhas publicitárias, preocupadas com a veiculação de sua imagem em meio à cobertura da invasão.

Durante as crises, muitos anunciantes costumam deixar de comprar comerciais no horário de telejornais contando com o fato que as redes podem suspender a exibição de propaganda. Embora seja cedo para avaliar possíveis danos, Vanessa O’Connell [Wall Street Journal, 10/2/03] lembra que a CBS ficou 93 horas no ar sem comerciais após o 11 de setembro, e sete horas ao cobrir a explosão de Columbia.

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem