Segunda-feira, 23 de Outubro de 2017
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº963

PRIMEIRAS EDIçõES > **

Carta de Florianópolis

Por lgarcia em 21/10/2003 na edição 247

TVs UNIVERSITÁRIAS

Reunido em Florianópolis (SC), de 7 a 10 de outubro, o VII Fórum Brasileiro de Televisão Universitária divulgou o documento "Carta de Florianópolis". Na forma de uma carta de princípios, o texto orientará as emissoras universitárias para uma ação estratégica integrada, buscando a sustentabilidade junto a parceiros que se somem à responsabilidade das instituições de ensino superior.

O Fórum foi promovido pela Associação Brasileira de Televisão Universitária (ABTU), com apoio da Universidade Federal de Santa Catarina. A seguir, a íntegra do documento:

***

"Os participantes do VII Fórum Brasileiro das TVs Universitárias, promovido pela Associação Brasileira de Televisão Universitária (ABTU), reunidos na cidade de Florianópolis, capital de Santa Catarina, no período de 7 a 10 de outubro de 2003, tendo em vista os princípios éticos, de compromisso com a educação e promoção da cidadania que devem nortear a Comunicação Social, em especial a mídia televisiva, decidem tornar público que:

** Levando-se em conta até agora a experiência de produção, veiculação e avaliação da programação televisiva das Instituições de Ensino Superior, constata-se um inegável processo de consolidação do projeto TV Universitária, o que já permite apontar características de sua identidade e definir estratégias e metas;

** É importante reafirmar a relevância das TVs universitárias, a partir da função e do papel social que cabe às Instituições de Ensino Superior no País, que, produzindo e disseminando o conhecimento, a cultura e o desenvolvimento, atuam como importante meio de inclusão social.

Considerando:

1. Que no Brasil cerca de 70% da produção de conhecimento ? pesquisa e desenvolvimento ? provêm das Instituições de Ensino Superior, constituindo-se em bem público com potencial de transformação social;

2. Que a televisão está presente em cerca de 90% dos lares brasileiros, sendo a principal fonte de informação e entretenimento da população;

3. Que o Sistema Brasileiro de Televisão Digital exigirá uma revisão da forma de distribuição de canais e dos serviços oferecidos à sociedade;

4. Que o atual Governo Federal já manifestou seu compromisso de promover a inclusão social, também, através da inclusão digital que a tecnologia de TV digital poderá propiciar, priorizando a interatividade;

5. Que a TV aberta, no Brasil, é de acesso gratuito para a população e, portanto, socialmente inclusiva;

** As TVs Universitárias reafirmam sua vocação e compromisso com a produção de conteúdo inovador voltado para a educação, a promoção da cultura, do desenvolvimento regional e da democratização da informação, constituindo-se também num espaço privilegiado para a reflexão crítica, a pesquisa e a experimentação de novas linguagens, formatos e narrativas, além de contribuir para a formação de um novo profissional de Comunicação, crítico e cidadão, reiterando o seu compromisso em reconhecer o telespectador como sujeito no processo de comunicação;

** Os participantes renovam sua posição em defesa incondicional da unidade do segmento TV Universitária, independentemente da natureza das Instituições que nele atuam, pois sua integração tem como base os princípios e objetivos estabelecidos nesta Carta;

** Entendem, ainda, que a consolidação do projeto Televisão Universitária e a natureza da missão e responsabilidade social credenciam os Canais Universitários de TV a participarem diretamente dos debates, da pesquisa e do desenvolvimento do modelo brasileiro de TV Digital (TVD) em todos os seus aspectos, defendendo, a priori, que o segmento seja contemplado na política de outorga de canais neste novo espectro de radiodifusão.

Face ao exposto, os participantes deste Fórum deliberam que a Associação Brasileira de Televisão Universitária (ABTU) deverá elaborar uma Carta de Princípios que oriente as TVs Universitárias Brasileiras para uma ação estratégica integrada e a busca de sustentabilidade junto a parceiros que se somem à responsabilidade das Instituições de Ensino Superior. Florianópolis, 10 de outubro de 2003"

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem