Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº970

PRIMEIRAS EDIçõES > TELETIPO

China censura BBC

Por lgarcia em 17/07/2002 na edição 181

TELETIPO

O governo chinês cortou a transmissão da BBC World Service no país depois que foi ao ar matéria sobre o movimento Falun Gong. Qualquer menção à seita, assim como ao Tibete e a Taiwan, é proibida na China. Segundo Jonah Greenberg [Reuters, 5/7/02], a reportagem que provocou a fúria do governo mostrava integrantes da Falun Gong protestando em Hong Kong contra a visita do presidente Jiang Zemin. A BBC pôde entrar no país no ano passado, e só está disponível em hotéis e condomínios para estrangeiros.

Karen Elliot House deixou o Wall Street Journal em 1989 para tornar-se vice-presidente da Dow Jones. Jornalista vencedora do Pulitzer e executiva competente na direção da companhia, ela está de volta ao Journal, agora como publisher, e com grandes desafios pela frente: levantar o jornal, castigado pela recessão que atingiu seus principais anunciantes, e lidar com o desconforto de ter assumido um cargo importante estando casada com o executivo-chefe da Dow Jones, Peter Kann. Ninguém no jornal abordou diretamente o fato de ela ser "a mulher do chefe", diz um executivo que não se identificou. Mas ressalta: "Ninguém que conhece Karen duvida que ela seja digna do cargo". Informações de Felicity Barringer [New York Times, 8/7/02].

Em matéria para o Jerusalem Post [4/7/02], Bret Stephens critica a revista britânica The Economist por descrever os israelenses como "ambiciosos" e "aliados mimados" dos Estados Unidos. Para o autor, é surpreendente ver um veículo que politicamente tende para a direita reagir de forma contrária a outras publicações inglesas de mesma orientação ? como Daily Telegraph e Spectator ? e assumir a linha de Guardian e Independent, jornais considerados de esquerda, ao menos em relação à cobertura do Oriente Médio. Segundo Stephens, o Economist mostra pouco interesse pelas tragédias sofridas por Israel, nunca cita vítimas do terror e não deixa que a opinião israelense tenha a última palavra nos textos.

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem