Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº969

PRIMEIRAS EDIçõES > CRÍTICA DA MÍDIA

Conflitos em análise na internet

Por lgarcia em 19/08/2003 na edição 238

CRÍTICA DA MÍDIA

Alexandre J. Eisenberg (*)

A cada dia tornam-se mais importantes os websites de observação e crítica das mídias. Recentemente descobri, aqui nos EUA, um sítio extraordinário de jornalismo investigativo (como eles mesmos se denominam). Trata-se do The Emperor?s New Clothes, em http://emperors-clothes.com .Sua meta é, em razoável medida, a mesma do Observatório da Imprensa brasileiro, mas a grande diferença é que eles não publicam a enorme variedade de textos de diversos autores, característica deste Observatório. Eles são um pequeno grupo de jornalistas/cientistas sociais assumidamente de esquerda, cuja meta é o esclarecimento geral sobre a história dos mais controversos conflitos atuais, e a crítica da participação dos EUA nesses conflitos ? temas muito freqüentemente distorcidos e manipulados pela grande mídia. Muitos de seus artigos foram traduzidos para várias línguas, inclusive a portuguesa.

Venho ocasionalmente respondendo a cartas ou artigos publicados no Observatório, especialmente a respeito do conflito árabe-israelense, cuja desproporcional atenção da grande mídia daria até uma tese de doutorado em antropologia! O cientista social Francisco Gil-White (mexicano radicado nos EUA) tem se dedicado bastante a esse conflito em particular e à crítica da cobertura da grande mídia.

Seu artigo sobre as origens e o papel da OLP na região é absolutamente surpreendente pela riqueza de detalhes e a documentação apresentada, a qual tive o cuidado de conferir e comparar com outras fontes na literatura histórica e filosófica a respeito (de autores árabes e judeus a Jean-Paul Sartre). Para minha surpresa (uma vez que minha posição era diferente da de Gil-White), não encontrei uma única fonte ? em vasta bibliografia ? que desmentisse suas conclusões. Sua análise é estranha justamente porque compara fundamentalmente fontes jornalísticas, deixando a literatura acadêmica responder apenas onde é indispensável.

Divido com vocês este endereço porque a análise dos problemas da cobertura da imprensa no conflito e dos interesses envolvidos é extraordinária. Da mesma maneira, eles analisaram a cobertura da imprensa na guerra civil da Iugoslávia nos anos 90. Tenho a certeza de que muito do que descobriram é totalmente desconhecido da imprensa brasileira, a qual em geral obtém suas informações da grande mídia européia e estadunidense.

O artigo sobre as origens da OLP está em português em <http://emperors-clothes.com/gilwhite/israelpt.htm#9b>.
Um debate recente muito ilustrativo sobre o assunto está em inglês
em <http://emperors-clothes.com/gilwhite/overview.htm#map>,
e as análises da guerra na Iugoslávia e sua cobertura jornalística
estão em <http://emperors-clothes.com/yugo.htm>. Vale a
pena conferir.

(*) Músico

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem