Domingo, 20 de Agosto de 2017
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº954

PRIMEIRAS EDIçõES > TELETIPO

Corte de gastos derruba chefes da Reuters

Por lgarcia em 14/10/2003 na edição 246

TELETIPO

O chefe mundial de notícias da Reuters, Stephen Jukes, deixará a agência, informa The Guardian [7/10/03]. Mais de 10 outros executivos da área também sairão ou mudarão de cargo. As mudanças fazem parte de uma reestruturação que visa redução de US$ 732 milhões nos gastos anuais até 2006. Mais de 3.000 funcionários devem ser demitidos até lá. O chefe de operações editoriais na América do Norte, David Schlesinger, ocupará o posto de Jukes.

O britânico The Guardian contratou por um ano o jornalista Albert Scardino, vencedor do Pulitzer, para o posto de editor-executivo. "Ele trabalhará junto com a atual equipe sênior de administração, responsável por assuntos pessoais dos cadernos nacional e internacional", disse uma porta-voz do Guardian em anúncio oficial em 8/10. Nos anos 80, Scardino e sua mulher, Marjorie, fundaram o jornal semanal Georgia Gazette, que ganhou o mais prestigioso prêmio do jornalismo americano na categoria de editoriais. Scardino trabalhou no New York Times e para o ex-prefeito de Nova York David Dinkins. Marjorie foi para a Economist e chegou ao topo na Pearson, proprietária do Financial Times. Informações da Reuters [8/10/03].

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem