Quarta-feira, 16 de Agosto de 2017
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº954

PRIMEIRAS EDIçõES > TELETIPO

Cortes no Chronicle

Por lgarcia em 05/12/2001 na edição 150

TELETIPO

Matéria de Dan Fost, do San Francisco Chronicle (28/11/01), informa que o jornal cortará 220 cargos, quase 8,5% de sua força de trabalho: 116 pessoas serão demitidas e as outras, pagas para rescindir os contratos. As demissões afetarão os contratados após 27/7/2000, quando a Hearst comprou o Chronicle e fundiu sua equipe com a do San Francisco Examiner. Atualmente, o jornal emprega 2.600 pessoas em todos os departamentos. Embora a circulação do diário tenha aumentado 12% após a fusão, isso não foi o suficiente para contrabalançar a queda de 20% do faturamento publicitário.

Três pessoas foram detidas por suspeita de fraude no programa Who wants to be a millionaire, o Show do Milhão inglês. O major Charles Ingram, a mulher, Diana, e Tecwen Whittock foram interrogados pela polícia e soltos sob fiança. Segundo a Scotland Yard, nenhum foi acusado, mas haverá novos interrogatórios. Informa o Hollywood Reporter (25/11/01) que o inquérito começou em setembro, após o major ter ganhado um milhão de libras no show. O episódio não foi ao ar e o cheque de Ingram foi retido porque ele teria trapaceado: alguns jornais sugerem que alguém da platéia lhe passou as respostas tossindo. Diana Ingram e o irmão já haviam ganhado, cada um, 32 mil libras no programa; tempos depois, ela escreveu o livro "Win a million", baseado na teoria que usou para ter sucesso.

O Freedom Forum pensa em fechar o Newseum, o museu de notícias, antes do planejado, na tentativa de economizar custos enquanto constrói um novo centro de operações em Washington. A fundação esperava manter o Newseum aberto até 2003, quando seu aluguel expira; o museu novo será maior e deve ficar pronto no novo endereço em 2005. No mês passado, o Forum anunciou o fechamento de suas operações internacionais e do First Amendment Center, em Nova York, para economizar a doação que sustenta a organização: devido ao baixo retorno no mercado de ações, o fundo, que já chegou a atingir US$ 1 bilhão, hoje caiu para US$ 650 milhões. As informações são de Jackie Spinner [Washington Post, 27/11/010].

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem