Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº970

PRIMEIRAS EDIçõES > THE NEW YORK TIMES

Daniel Okrent, o primeiro ombudsman

Por lgarcia em 30/12/2003 na edição 257

Edição: Beatriz Singer (com Dennis Barbosa)

THE NEW YORK TIMES

Após alguns meses de espera, foi anunciado o primeiro editor público, ou ombudsman, do New York Times. Trata-se de Daniel Okrent, escritor e veterano em revistas de 55 anos, ex-editor-administrativo da Life e ex-editor de mídia da Time Inc. No mês passado, Okrent publicou o livro Great Fortune: The Epic of Rockefeller Center ("Grande Fortuna: A epopéia do Rockefeller Center", tradução literal não-oficial), motivo pelo qual havia largado as redações em 2001. O posto de editor público terá 18 meses de duração, a começar em 1o/12/03.

De acordo com Jacques Steinberg [The New York Times, 27/10/03], como ombudsman Okrent atuará de fora da redação do jornal, inclusive do conselho editorial. O editor público terá a oportunidade de direcionar os comentários dos leitores sobre a cobertura do Times, bem como levantar questões próprias e escrever sobre o assunto em colunas que, de início, estarão na seção "Week in Review", aos domingos, mas não necessariamente toda semana.

A seleção de Okrent como representante do leitorado foi formalmente anunciada em 27/10 por Bill Keller, editor-executivo do jornalão. "Queríamos que o primeiro ocupante do cargo fosse alguém esperto, curioso, rigoroso, justo e independente", escreveu Keller em um e-mail à redação. "Queríamos alguém com habilidades de repórter para revelar como as decisões são tomadas no jornal, o julgamento que levou a determinadas conclusões e a capacidade de escrever para explicar tudo isso a nossos leitores".

Quando assumiu o posto de Raines, Keller disse que o editor público seria alguém com experiência no Times. Mas o longo processo de seleção levou-o a concluir que o jornal tiraria maior proveito com as observações de alguém de fora. Segundo Keller, ele e qualquer outro editor não poderão revisar os comentários de Okrent antes da publicação, mas a coluna terá um copidesque para assuntos técnicos, como gramática e estilo.

A indicação de um editor público foi uma das principais recomendações de um comitê composto por 25 jornalistas a fim de revelar como o repórter Jayson Blair conseguiu fabricar e plagiar uma série de artigos até abril deste ano, quando foi descoberto e demitido. Como conseqüência, os dois principais editores, Howell Raines e Gerald Boyd, pediram demissão do Times em junho.

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem