Sexta-feira, 22 de Setembro de 2017
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº958

PRIMEIRAS EDIçõES > REVISTA PLAY

Eletrônica, mas para ler no sofá

Por lgarcia em 05/06/2002 na edição 175

REVISTA PLAY

Augusto Sales (*)

Enfim consegui ler a última edição da revista Play. Estava ansioso para ver a matéria da jornalista Cecília Giannetti sobre revistas eletrônicas. Acontece que fui contatado pela jornalista para comentar o assunto, daí meu interesse na matéria. Procurei na internet o site da revista, achei, mas o texto não estava lá. Havia apenas uma foto da capa da revista, uma página de "links da revista", mas nada de conteúdo.

Para quem não sabe, a Play é publicada bimestralmente pela Editora Conrad, e é parte de um abrangente projeto de criação de uma revista especializada em internetices, eletrodomestiquices, digitalices e outras techie-cices. A Play, na verdade, é o veículo impresso do que eles chamam EntretenimentoEletrônico.org, uma espécie de pretensa referência nacional no que tange ao segmento de publicações especializadas em entretenimento eletrônico.

O site da revista, EntretenimentoEletrônico.org, traz um punhado de colunas, dicas, notinhas e textos diversos. O engraçado na história toda é o EntretenimentoEletrônico.org não disponibilizar na internet o conteúdo da revista impressa. Não soa um tanto incoerente que um projeto editorial de "entretenimento eletrônico" tenha uma publicação digamos, no mínimo, "analógica", de distribuição apenas impressa, cujos leitores, aficionados por entretenimento eletrônico, não possam ter acesso às matérias via internet? No melhor dos mundos, os leitores dessa mídia especializada deveriam até poder baixar as matérias para seus Palms (WAP) ? afinal, é gente aficionada em tecnologia. Mas não, o leitor da Play deve ir a banca de jornais, sacar a carteira, pedir uma sacola ao jornaleiro e voltar para casa para ler seu "entretenimento eletrônico" analogicamente sentado no sofá, ou deitado na hora de dormir. Não há outra opção.

Confesso que não entendi. Se até a chamada de obtusa revista Veja, por exemplo, disponibiliza todo o seu conteúdo na web ? para assinantes, que seja, mas disponibiliza ?, e o mesmo vale tanto para o centenário Jornal do Brasil quanto para o distante Jornal da Paraíba, como não a bem-intencionada EntretenimentoEletrônico.org?

Ao seu leitor resta apenas a pergunta: "Onde estaria o Entretenimento Eletrônico na revista Play?

Em tempo: quem quiser ver quais revistas eletrônicas foram objeto da matéria pode conferir em <www.entretenimentoeletronico.org/revista/links/ler.asp?id=49568>.

(*) Editor de Falaê <www.falae.com.br>

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem