Sábado, 18 de Novembro de 2017
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº966

PRIMEIRAS EDIçõES > FÓRUM DE PROFESSORES

Em Natal, a consolidação

Por lgarcia em 14/05/2003 na edição 224

FÓRUM DE PROFESSORES

Gerson Martins (*)

O Fórum Nacional de Professores de Jornalismo consolidou-se como espaço de reflexão e debate da formação superior em Jornalismo. O evento, realizado em Natal (RN), entre os dias 1? e 3 de maio, reuniu cerca de 200 professores e profissionais de jornalismo e firmou posição como um espaço específico para os formadores dos futuros jornalistas. A participação e a qualidade dos trabalhos apresentados nos cinco grupos de trabalho do evento reafirmaram essa condição. Apesar da distância da capital potiguar e dos altos custos de transporte e hospedagem, a presença dos professores foi significativa e representou adequadamente o mapa do Brasil. Estiveram presentes professores/jornalistas de estados como Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná, Mato Grosso do Sul, Goiás, São Paulo, Minas Gerais, Rio de Janeiro, Brasília, Espírito Santo, Bahia, Alagoas, Pernambuco, Paraíba, Ceará, Piauí, Amazonas e do próprio Rio Grande do Norte.

Em sua sexta edição, o fórum deu um grande passo em direção à sua institucionalização como espaço privilegiado de troca de experiência dos professores de Jornalismo. Na plenária final aprovou-se a decisão de que a Coordenação Nacional, composta pelos professores Carmen Pereira, Sandra de Deus, Gerson Martins e Cristóvão Pereira, proponha um estatuto para a nova entidade, que será submetido aos professores de Jornalismo presentes ao 7? Fórum Nacional, a ser realizado na cidade de Florianópolis, promovido pela UFSC e pelo Sindicato dos Jornalistas Profissionais de Santa Catarina, com apoio da Faculdade Estácio de Sá, da Univali, do Ielusc e outras instituições que serão convidadas a compor a organização do evento.

Os professores de Jornalismo foram unânimes em relatar que os encontros do Fórum são momentos privilegiados para encontrar companheiros que têm questões semelhantes a serem resolvidas e, neste evento, conseguem facilmente realizar essas discussões. Em comparação com outros eventos de comunicação, o Fórum é um espaço pequeno em que se destaca a qualidade em relação à quantidade. O Congresso da Intercom, por exemplo, um dos principais eventos de comunicação no Brasil, pelo seu gigantismo não mais permite o encontro de velhos amigos, companheiros que compartilham angústias, reflexões e práticas da formação em Jornalismo. É até mesmo possível participar do congresso da Intercom e não rever colegas que têm tradição no congresso. Mais que isso, o Fórum Nacional de Professores de Jornalismo é um evento cujo foco na formação profissional do jornalista define e marca sua identidade.

Convocação

O formato atual o Fórum tem apenas três anos. O ponto de partida desse modelo de encontro aconteceu em 2001 na cidade de Campo Grande quando propôs-se realizar um encontro de professores de Jornalismo em continuidade ao Seminário das Diretrizes Curriculares realizado na PUC-Campinas, sob a coordenação do professor Juliano Carvalho, e ao Seminário de Professores de Jornalismo, que ocorreu em Belo Horizonte, fruto da necessidade de reunir os professores em local e data que não fosse o congresso da Intercom.

Em 2001 convidamos os professores Sandra Freitas, Carmen Pereira e Victor Gentilli para auxiliar na organização do encontro de Campo Grande. O então 4? Encontro de Professores de Jornalismo foi um sucesso e determinou definitivamente a necessidade de reunir esses profissionais a cada ano, principalmente porque a formação e a atividade jornalística estavam suscitando muitos debates devido às constantes crises, seja por conta dos processos de avaliação dos cursos, seja pelas perspectivas da atuação profissional do jornalista.

Na avaliação do encontro de Campo Grande enfatizou-se que seria muito importante abrir espaço para o debate das questões da formação por todos os participantes, proporcionando-lhes voz ativa, e não receptores de conferências e palestras resultados de reflexões distantes das realidades dos que estavam ali presentes. Nesse sentido, a criação dos Grupos de Trabalho ? organizados pela primeira vez no 5? Fórum, em Porto Alegre ? foi e é um momento privilegiado. Ainda temos um longo caminho a percorrer. A organização dos Grupos de Trabalho sempre gera excelentes discussões em cada plenária. Em Natal, foi instituída uma Comissão composta pelos professores Ruth Reis (Espírito Santo), Narciso Freire (Amazonas), Lisbeth Oliveira (Goiás), Elias Machado (Bahia) e Wellington Pereira (Paraíba), para estudar e propor uma nova estrutura dos grupos de trabalho que será incluída na proposta de estatuto.

Certamente, o passo decisivo para a consolidação se traduz na institucionalização do Fórum Nacional de Professores de Jornalismo.

Os colegas professores estão convidados, convocados, a participarem do próximo encontro em Florianópolis. O dia 10 de março de 2004 é o prazo para a remessa de resumos para apresentação dos GTs do Fórum de Professores de Jornalismo. Ao mesmo tempo, convido os professores jornalistas para acompanharem as atividades da entidade pelo sítio na internet, no endereço

(*) Jornalista, professor, integrante da Coordenação Nacional do Fórum Nacional de Professores de Jornalismo

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem