Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº970

PRIMEIRAS EDIçõES > TELETIPO

Empresário japonês grampeia jornalista

Por lgarcia em 09/12/2003 na edição 254

TELETIPO

Yasuo Takei, diretor da maior empresa financeira do Japão, Takefuji Corp., foi preso no dia 2/12/03 por suspeita de envolvimento em grampo ilegal do telefone de um jornalista free-lance entre dezembro de 2000 e fevereiro de 2001. Sob a lei de comunicação japonesa, grampear telefones é ofensa grave. O presidente da Takeji, Akira Kiyokawa, disse em coletiva de imprensa que a prisão de Takei foi uma surpresa, mas recusou-se a comentar se achava que a companhia estava envolvida no caso. O jornalista no epicentro do furacão é Shunsuke Yamaoka, que escreveu diversos artigos criticando a Takefuji. Informações da Reuters [2/12/03].

Reguladores britânicos removeram no dia 1o/12 a proibição da venda de anúncios televisivos coletivos. Dessa forma, canais como Channel Four, Channel Five e BskyB poderão fundir suas operações de venda de espaço publicitário. A Channel Four é a segunda maior TV comercial do país, perdendo apenas para a recém-criada ITV, que detém mais da metade do mercado publicitário para televisão desde seu surgimento, com a fusão Carlton-Granada. A remoção da proibição deve incomodar anunciantes britânicos, que já reclamam dos preços altos para anunciar na Carlton-Granada. Informações da Reuters [1o/12/03].

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem