Quinta-feira, 23 de Novembro de 2017
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº967

PRIMEIRAS EDIçõES > TELETIPO

Escritor julgado por criticar governo

Por lgarcia em 06/01/2004 na edição 258

TELETIPO

O Comitê de Proteção a Jornalistas (CPJ) condena a prolongada detenção do escritor Nguyen Vu Binh e pede sua soltura imediatamente. Binh, de 35 anos, seria julgado em 31 de dezembro em Hanói, no Vietnã.

Um oficial do tribunal disse às agências de notícias que Binh será julgado por acusações de espionagem. Não será permitida a presença de jornalistas estrangeiros e diplomatas no julgamento. Binh foi preso em 25 de setembro de 2002. Na ocasião, a polícia não revelou o motivo da prisão do escritor. O CPJ acredita que ele esteja ligado a um artigo onde Binh criticava acordos de fronteiras entre China e Vietnã.

O escritor trabalhou por dez anos no jornal do Partido Comunista Vietnamita Tap Chi Cong San, mas abandonou seu cargo em 2001 para formar um grupo independente de oposição chamado Partido Democrático Liberal. Desde então, Binh escreveu diversos artigos criticando a atual política governamental e clamando por reformas políticas. Ele é, hoje, um dos oito jornalistas que o Vietnã mantém na cadeia.

Para expandir suas fronteiras, e seu número de leitores, jornais americanos estão apostando no público hispano-americano e criando novidades para atingi-lo. No começo do ano passado, o Home News Tribune, jornal do grupo Gannet em Nova Jersey, lançou o Nuestra Comunidad, publicação semanal em espanhol. Em agosto, a unidade de publicações do Tribune Company anunciou que iria expandir a publicação diária Hoy ? originalmente de Nova Iorque ? até Chicago, onde teria a função de substituir o semanário Exito. O Tribune não parou por aí e formou uma divisão de mídia hispânica para procurar novas oportunidades.

E em outubro foi a vez de o New York Post, da News Corporation, lançar o suplemento mensal NYP Tempo, em inglês, cujo público-alvo são os jovens nova-iorquinos hispânicos. Lachlan Murdoch, editor do New York Post, explica que o suplemento é em inglês porque quer atingir a segunda e a terceira geração de latinos. [The New York Times, 29/12/03]

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem