Quinta-feira, 23 de Novembro de 2017
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº967

PRIMEIRAS EDIçõES > INCÊNDIO NO XUXA PARK

Felipe Werneck

Por lgarcia em 21/02/2001 na edição 109

INCÊNDIO NO XUXA PARK

"Xuxa viu superaquecimento de lâmpadas", copyright O Estado de S. Paulo, 13/02/01

"O superaquecimento de lâmpadas na nave do programa Xuxa Park, da Rede Globo, pode ter sido uma das causas do incêndio ocorrido no estúdio F do Projac, que há um mês deixou 26 feridos, cinco em estado grave. De acordo com o delegado Zaqueu Teixeira, titular da 32.? Delegacia Policial, em Jacarepaguá, essa foi a principal revelação feita pela apresentadora Maria da Graça Xuxa Meneghel, de 37 anos, que prestou depoimento por duas horas e meia ontem à tarde. ?É uma informação nova e traz subsídios importantes.?

Cerca de 300 pessoas assistiam à a gravação do programa Xuxa Park, na noite do dia 11, quando um curto-circuito no equipamento conhecido como Moving Light, que ficava no disco voador cenográfico, provocou o incêndio, conforme apontou laudo do Instituto de Criminalística Carlos Éboli (ICCE). Os peritos concluíram ainda que o estúdio estava superlotado – tinha capacidade máxima para 125 pessoas – e a sinalização da saída de emergência era precária.

Segundo Teixeira, Xuxa ficou ?emocionada? ao ver as fotos do incêndio, anexadas ao inquérito. Principalmente a de uma menina que ficou presa na roda gigante do cenário. O dispositivo incluiria um cadeado para impedir que a criança caísse da roda.

A apresentadora disse ao delegado que não sabia que eram usados cadeados nos brinquedos do programa e desconheceria a pessoa que determinara a colocação. ?Ela se sente responsável pelo acidente, está sofrendo com isso?, disse Teixeira. Ele vai enviar o inquérito hoje ao Ministério Público Estadual, com o fim do prazo para conclusão das investigações. Mas solicitará devolução para novas diligências. Também deverá sair na semana que vem novo laudo do Instituto de Criminalística Carlos Éboli (ICCE) sobre as causas do acidente."

"Xuxa diz ter informado falha em nave", copyright Folha de S. Paulo, 13/02/01

"A apresentadora Xuxa Meneghel disse ontem que, três semanas antes do incêndio que atingiu o estúdio onde era gravado o ?Xuxa Park?, havia alertado os encarregados da infra-estrutura do programa sobre o superaquecimento das microlâmpadas instaladas no interior da nave que compunha o cenário.

De acordo com o primeiro laudo preparado pelo ICCE (Instituto de Criminalística Carlos Éboli), foi no interior da nave que começou o incêndio, ocorrido no dia 11 de janeiro.

Xuxa, que prestou depoimento ontem como testemunha no inquérito que investiga as causas do incêndio, disse que o superaquecimento das lâmpadas provocava o derretimento de uma cola no interior da aeronave.

A apresentadora contou que o produto quente pingava ao seu lado quando ela estava dentro da nave -no início e no final do programa Xuxa Park- e as luzes eram acessas.

Xuxa chegou às 15h30 na 32? DP (Delegacia de Polícia) dirigindo o seu carro, acompanhada por sua assessora Monica Muniz e seguida por quatro seguranças. O depoimento provocou aglomeração de 50 pessoas na frente da DP.

A saída da apresentadora, às 18h05, causou tumulto, com fãs querendo autógrafos. Xuxa não falou com os jornalistas. Segundo o delegado titular da 32? DP, Zaqueu Teixeira, a apresentadora se emocionou ao ver as fotos do incêndio que fazem parte do processo.

A apresentadora lembrou que a roda gigante, onde a menina Thamires, 7, ficou presa, era o brinquedo preferido de sua filha Sasha, que também entrou várias vezes na nave com Xuxa.

O delegado vai pedir prorrogação de mais 30 dias no prazo para a conclusão do inquérito. Ele pretende ouvir mais testemunhas.

??Já ouvi 69 pessoas, mas estimo que tenha que ouvir pelo menos mais dez depoimentos?, disse Teixeira."

Volta ao índice

Caderno da Cidadania ? próximo texto

Caderno da Cidadania ? texto anterior


Mande-nos seu comentário

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem