Terça-feira, 23 de Julho de 2019
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº1047
Menu

PRIMEIRAS EDIçõES >

Fim de semana sem jornalismo

Por lgarcia em 20/11/1999 na edição 79

 

Paulo Lotufo, de Boston

Na Folha de S.Paulo (14/11/99) há um artigo assinado por Tuffik Mattar que deverá ser utilizado em cursos de Jornalismo e Medicina. Em poucas linhas, apresenta-se um tônico da juventude, remédio milagroso desde que o interessado procure realizar exames e receba os medicamentos de “médicos da especialidade”. Em síntese, divulgação de terapêutica não comprovada, indução de compra e, o que é pior, o elixir da longevidade pode aumentar o risco dos cânceres de próstata e do intestino grosso, de acordo com trabalhos publicados em duas importantes revistas: Science e Journal of National Cancer Institute.

Este não é o primeiro caso na imprensa: várias “curas” estão escondidas nos cadernos de serviços. A Folha de S. Paulo, porém, notabilizou-se por um editoria de Ciência superior à de seus concorrentes – incluindo uma coluna dominical onde se desmascaram várias crendices. Por isso, dar espaço aos “Ponce de Leon” de plantão é demais.

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem