Segunda-feira, 23 de Outubro de 2017
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº963

PRIMEIRAS EDIçõES >

Forbes rasga a fantasia

Por lgarcia em 20/10/2000 na edição 100

A campanha de lançamento da revista Forbes Brasil acabou revelando a personalidade da matriz americana. Embora financiado por bancos estrangeiros, o grupo que edita a versão brasileira (Editora Camelot) aparentemente não tem ligação concreta com um grupo que, nos EUA, está ligado às causas mais conservadoras e os seus veículos assumem-se como os mais reacionários dentro do espectro político.

Para justificar a grife adotada pelo paradigma ianque – capitalist tool, a ferramenta capitalista –, os comerciais radiofônicos para promover a edição nº1 da Forbes Brasil rasgaram a fantasia.

Num deles, há uma simulação de entrevista na qual um sujeito com entonação arrogante e levemente estrangeira presta declarações a um repórter. Quando este avisa o entrevistado de que o tempo está esgotado, o capitalista ameaça: "Ei, rapaz tome cuidado que eu compro a tua rádio!".

Este é o espírito da coisa.

Volta ao índice

Circo da Notícia – bloco anterior

Circo da Notícia – próximo texto

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem