Quinta-feira, 23 de Novembro de 2017
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº967

PRIMEIRAS EDIçõES > FAMÍLIA REAL

Holofotes sobre o príncipe William

Por lgarcia em 14/05/2003 na edição 224

FAMÍLIA REAL

Os tablóides londrinos chegaram quentes às bancas no domingo, 4/5. Mais uma vez o príncipe William foi alvo de paparazzi e fuxiqueiros de plantão. The News of the World, The Mail, The People, The Sunday Mirror e Sunday Express, todos saíram com reportagens espalhafatosas sobre a vida pessoal do príncipe.

Por que então, após anos de repreensão à mídia devido ao acordo entre a comissão de reclamações sobre a mídia e o palácio de St. James, William de repente virou manchete? Segundo o acordo, ele deveria ser poupado até completar 21 anos. Para Roy Greenslade [The Guardian, 7/5/03], a razão essencial do furor da mídia sobre o príncipe provém de um erro de julgamento dos ajudantes de seu pai, que confirmaram sua disposição em dar a primeira entrevista exclusiva de sua vida a Peter Cox, editor do tablóide Daily Record.

Quando os concorrentes souberam, reclamaram os mesmos direitos. Disseram que o encontro entre os dois quebraria o acordo informal de todos os tablóides, de se manterem no mesmo patamar de informações e serem tratados igualmente contanto que continuem a preservar a privacidade do príncipe.

O acordo com o Record atiçou os editores de tablóides o suficiente para se sentirem no direito de "lavar as mãos" quanto ao conteúdo publicado. E quem paga pelo erro, é o príncipe William. Estariam os tablóides de volta a 1997?

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem