Segunda-feira, 20 de Novembro de 2017
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº966

PRIMEIRAS EDIçõES > TELETIPO

Invasão de privacidade

Por lgarcia em 01/01/2003 na edição 205

TELETIPO

Um comitê do governo britânico está investigando casos de invasão de privacidade cometidos pela mídia, reabrindo o debate sobre a necessidade de uma legislação mais dura no país. Segundo Ciar Byrne [The Guardian, 19/12/02], o comitê espera recolher depoimentos de pessoas comuns que tiveram sua vida privada invadida pelos meios de comunicação, interessado em avaliar a eficácia da Press Complaints Commission (Comissão de Reclamações da Imprensa).

A Cable News Networks (CNN) ganhou na Justiça o direito de impedir outra empresa de usar seu nome em domínios de internet. O National Arbitration Forum decidiu que a Channel News Networks, dona de 325 domínios como cnn-canada.com, cnnlebanon.com e cnnshoppingcenter.com, registrou esses nomes com a intenção de confundir internautas, que acreditavam visitar páginas aprovadas pela rede. Informações da Media Life [19/12/02].

Após demitir quase 3 mil funcionários, especula-se que o grupo Reuters pode cortar mais 1 mil em 2003. De acordo com Raymond Snoddy [The Times, 17/12/02], apesar dos problemas financeiros que tem enfrentado, a Reuters deve anunciar em fevereiro que aumentou a margem de lucro para 12,5% e reduziu os custos em 8%/, embora o rendimento tenha caído 5%.

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem