Terça-feira, 26 de Setembro de 2017
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº959

PRIMEIRAS EDIçõES > IRÃ

Invasão por satélite

Por lgarcia em 18/12/2002 na edição 203

IRÃ

Segundo Nazila Fathi, do New York Times [7/12/02], o governo americano começa a sentir a repercussão da programação jovem que colocou no ar no canal por satélite da Voz da América transmitido para o Irã. Recentemente, chegou à produção do seriado Next Chapter uma fita com gravação caseira de iranianos reclamando do regime islâmico a que estão submetidos. "Desculpem a qualidade não-profissional do vídeo. Não queríamos atrair as autoridades utilizando uma equipe de produção", dizia carta que acompanhava o material e pedia a exibição dos depoimentos. O remetente conseguira contrabandear a fita para Londres, de onde a mandou para os EUA.

Next Chapter é uma série inspirada em programas da MTV, com notícias entremeadas por histórias de gente comum, em estilo reality show. Mesmo tendo como intenção fazer propaganda do estilo de vida americana, ela nunca critica a linha-dura islâmica diretamente. Há setores nos EUA que acham que a mensagem do canal deveria ser mais agressiva, porque a repressão no país asiático está aumentando e haveria muita necessidade por noticiário simplesmente.

Um quadro regular de Next Chapter, por exemplo, é o que mostra a liberdade de que gozam os jovens iranianos que vivem nos Estados Unidos. Imagens desse tipo fazem com que cheguem à Voz da América mensagens como a de Hadi, adolescente de Teerã que conta em um e-mail como fez vigília à luz de velas com seus amigos no primeiro aniversário dos atentados de 11/9. A idéia de fazer programas voltados para jovens vem do fato de que 70% dos 66 milhões de iranianos têm menos de 30 anos.

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem