Quarta-feira, 22 de Novembro de 2017
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº967

PRIMEIRAS EDIçõES >   AUDIÊNCIA / TV

Laura Mattos

Por lgarcia em 20/01/2004 na edição 260

TV BANDEIRANTES

“Band cria canal de notícias em espanhol”, copyright Folha de S. Paulo, 13/01/04

“A TV Bandeirantes prepara um canal de notícias em espanhol para ser distribuído em todas as capitais da América Latina. A produção será em São Paulo, nos estúdios do jornalismo da emissora, que cogita trazer ao Brasil apresentadores de alguns países para ancorar os noticiários.

A distribuição do novo canal é negociada com a DirecTV América Latina, operadora de TV por satélite. É estudada também a possibilidade de se negociar com operadores a cabo de cada país. O canal da Band irá encarar a concorrência da CNN em espanhol, presente em todos os países latino-americanos _no Brasil, está na TVA e na DirecTV.

Num segundo momento, a Bandeirantes pretende criar uma versão em espanhol e português para os hispânicos e brasileiros residentes nos Estados Unidos.

O projeto latino é tocado por Roberto de Oliveira, vice-presidente da Bandeirantes, que sairá da emissora no início de fevereiro. Ele foi responsável pela implementação dos outros dois canais pagos do grupo, o BandNews e o BandSports. Ainda não foi decidido quem substituirá Oliveira na implementação da TV latina.

O investimento em canais especializados é uma das principais estratégias da Bandeirantes. Segundo a Folha apurou, os dois já implementados no Brasil _de esportes e notícias_ já se pagam, mas ainda não rendem um lucro significativo.”

“Band vai ?matar? o policial ?Brasil Urgente?”, copyright Folha de S. Paulo, 15/01/04

“A primeira missão de Marlene Mattos como diretora artística da Band será ajudar a formatar o novo programa de José Luiz Datena, 46. A emissora decidiu ?mudar radicalmente? o policial ?Brasil Urgente?, de Datena, que terá novo nome, formato e cenário.

A princípio, o programa estréia no próximo dia 9 e ficará no ar das 17h às 19h30 (ocupando parte do horário do telebarraco ?Hora da Verdade?, que deve acabar).

?Propuseram-me uma mudança radical. Essa fórmula de programa policial acabou faz tempo. Pode até dar audiência, mas a sociedade e a imprensa não gostam. E eu não aguentava mais fazê-lo. O difícil é ter coragem para mudar?, diz Datena, que está no ramo há seis anos (antes, apresentava o ?Cidade Alerta?, da Record).

Segundo Datena, só ?10% de coisa boa? do atual formato (como uso de helicóptero e o ritmo) será mantido. Gradualmente, o noticiário policial, que hoje ocupa 90% do ?Brasil Urgente?, será substituído por jornalismo de serviço, assuntos urbanos, política e economia popular.

?É claro que vamos continuar noticiando grandes crimes, mas o que há em um grande jornal terá no programa?, diz. ?O negócio é explorar debates, entrevistas e humor. Tudo popular, mas de nível. Poderá até haver musicais.?

A mudança será gradual para evitar que a audiência atual, na faixa dos 5 pontos, migre para Record e Rede TV!.”

“Novidades à vista na Band”, copyright Jornal do Brasil, 18/01/04

“Apesar de o contrato de Marlene Mattos com a Globo acabar apenas neste final de semana, algumas novas atrações da Band já têm o dedo da todo-poderosa produtora. Amanhã, uma de suas empresariadas, a apresentadora Viviane Romanelli, estrela do Shoptime, assume o programa matinal Dia Dia, até então comandado por Olga Bongiovanni. Viviane aterrissa na emissora depois de se consagrar como a mulher que mais vende na TV. Talvez esse tenha sido o principal objetivo da direção quando a escolheu para o lugar de Olga, à frente da atração desde 2001.

– Esse namoro já rola há três anos. No primeiro convite, declinei. Não era o momento – afirma Viviane, para quem sua chegada à TV aberta resulta de sua espontaneidade.

O ano começa com uma parceria importante para a Band: o contrato com a produtora portuguesa NBP, responsável pela novela Olhos d?água e pelo seriado Olá, pai!.

– Queremos produzir novelas brasileiras ainda este ano, que serão exibidas aqui e em Portugal – fala António Parente, da NBP.

Por aqui, a Band estreará, em março a trama Morangos com açúcar, também portuguesa, à noite. Nas próximas semanas, Leão Lobo ganhará uma atração dominical e um novo programa entrará no lugar do Hora da verdade, que será reduzido. (Agência Folha)”

 

AUDIÊNCIA / TV

“Número de TVs ligadas caiu em 2003”, copyright O Estado de S. Paulo, 14/01/04

“O brasileiro ligou menos a TV em 2003. Pelo menos é isso o que aponta a medição de audiência de 2003 realizada pelo Ibope, para avaliar o evolutivo domiciliar das redes na Grande São Paulo.

Segundo os dados da medição, em 2003, o total de TVs ligadas à noite na região (share) permaneceu em 61,3%, ante 62,3% de share noturno em 2002. Pela manhã os telespectadores também fugiram. Em 2003 o total de TVs ligadas no horário foi de 22,8%, contra 23,4% de 2002.

Os mesmos dados mostram que em dezembro de 2003, mês em que costuma cair o número de TVs ligadas por causa das férias e festas, o cenário foi outro. O share em dezembro do ano passado à noite foi de 57,2%, ante 54,4% do mesmo período de 2002. As emissoras que ganharam mais audiência no período foram Globo e Record.

Em dezembro de 2003 a Globo registrou média diária de 20,2 pontos de ibope, contra 17,8 pontos alcançado pelo rede no mesmo período em 2002. A Record pulou de 3,7 pontos de audiência em dezembro de 2002 para 4,1 pontos em dezembro de 2003. Já o SBT caiu: em dezembro de 2002, a emissora alcançou média diária de 8,7 pontos. Em 2003, registrou 7,8 pontos de audiência no mesmo período.”

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem