Domingo, 19 de Novembro de 2017
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº966

PRIMEIRAS EDIçõES > ENCONTRO HISTÓRICO

Ministro recebe coordenadores de cursos

Por lgarcia em 06/06/2001 na edição 124

ENCONTRO HISTÓRICO

Nota divulgada em 6/6/2001 por Victor Gentilli em nome do grupo de professores

O ministro Paulo Renato Souza, o coordenador do Programa de Modernização e Consolidação da Infra-Estrutura Acadêmica das IFES Jorge Fagali e o Diretor do Departamento de Avaliação do Inep (que coordena o Provão), Tancredo Maia Filho, reuniram-se com 14 coordenadores de cursos e representantes de Instituições Federais de Ensino Superior (Ifes) no dia 5 de junho, no gabinete do ministro, em Brasília.

O ministro tomou a iniciativa de abrir a reunião e informou que a questão mais aflitiva para os cursos era Instalações e Equipamentos. Em seguida, observou que o Programa de Modernização e Consolidação da Infra-Estrutura Acadêmica, lançado em 1997, teria sua conclusão em breve com um conjunto de investimentos de R$ 95.686,00 para as Ifes, excetuando-se os Hospitais Universitários. O programa está no momento sendo coordenado pelo assessor Jorge Fagali. Este mostrou que é necessário e urgente uma atualização dos equipamentos solicitados, uma vez que em 1997 a difusão da tecnologia digital estava longe de alcançar o padrão de hoje.

Os coordenadores de curso ficaram encarregados de entrar em contato com o coordenador do Programa em sua própria instituição e, até o final do mês, oferecer uma nova versão de equipamentos, mais de acordo com a atual situação das necessidades tecnológicas dos cursos.

Diversos professores presentes puderam expressar suas ansiedades e expectativas. A origem da reunião ? que nasceu no II Seminário do Provão e no IV Forum Nacional de Professores de Jornalismo ?, foi lembrada, particularmente no sentido de que os diagnósticos das diversas avaliações do MEC (Provão e Avaliação das Condições de Oferta) resultavam em novas necessidades e novas demandas e que a solução destas necessitava necessariamente do apoio do MEC. Foi lembrado que as deficiências de Corpo Docente, agregadas àquelas de infra-estrutura, têm impedido várias instituiçöes até mesmo de atualizar seus projetos pedagógicos e implantar novas estruturas curriculares.

Lembrou-se que no caso dos cursos de Jornalismo, a necessidade de novas contratações é fundamental e inclui necessariamente também pessoal técnico-administrativo capaz de trabalhar com as novas tecnologias.

O ministro mostrou concordância quando professores observaram que a área de Comunicação cada vez mais deixa de ser uma área exclusivamente de humanidades (sem perder esta característica), para se transformar também numa área tecnológica. E que os cursos necessariamente precisavam acompanhar este desenvolvimento tecnológico.

Tempestivamente, o ministro convocou o dirigente da Capes, Abílio Baeta Neves e ? repetindo o argumento de que nossa área se transformava velozmente numa área tecnológica ? questionou se a Capes estaria em condições de oferecer cursos regionais de reciclagem tecnológica a docentes e pessoal técnico-administrativo. O professor se mostrou disponível e pediu que uma comissão dos professores presentes elaborassem um projeto para tal. As professoras Ruth Vianna (UFMS) e Irene Cristina (UFF) foram indicadas como responsáveis pela elaboração de uma minuta de projeto a ser submetida à comunidade, mas desde já estão disponíveis a receber colaboração de professores.

O ministro informou que tem conhecimento que a carência de docentes efetivos nas Universidades federais é de 6 mil professores, que as anunciadas 2 mil contratações constituem um primeiro passo para a superação do problema e que acredita que novas contratações deverão ser autorizadas nos próximos anos.

Por fim, questionado o fato de as instituições federais não estarem ainda preparadas para receber nova visita de Avaliação de Condições de Oferta, como previsto para este ano. O ministro encerrou a audiência com a afirmação de que uma nova avaliação somente será realizada quando as instituições federais estiverem em condições de serem avaliadas.

Reuniram-se com o ministro os seguintes professores:

Antonio Albino Canelas Rubim ? UFBA

Carmen Dulce Vieira ? UFMG

Irene Cristina Amaral Gurgel ? UFF

Kleber Ramos Queiroz ? UFJF

Luiz Martins da Silva ? UnB

Magnolia Rejane Andrade dos Santos ? UFAL

Márcia Benetti Machado ? UFRGS

Maria Luiza Nóbrega ? UFPE

Moacir Barbosa de Souza ? UFPB

Noujaim Pereira ? UFRR

Rondon de Castro ? UFSM

Sandra de Deus ? UFRGS

Silvana Coleta ? UFG

Victor Gentilli ? UFES

    
    
              

Mande-nos seu comentário

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem