Sexta-feira, 24 de Novembro de 2017
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº967

PRIMEIRAS EDIçõES >

Miriam Abreu e Raquel Pinto

Por lgarcia em 25/12/2002 na edição 204

PRÊMIO ESSO

"Chico Otávio é a estrela do Prêmio Esso", copyright Comunique-se (www.comunique-se.com.br), 19/12/2002

"Emoção e muita ansiedade. Assim foi marcada a noite da entrega da 47? edição do Prêmio Esso de Jornalismo, que aconteceu na noite desta terça-feira (17/12), no Hotel Sofitel Rio Palace, em Copacabana (RJ). Este ano foram 970 trabalhos inscritos – 42 classificados como finalistas em 15 categorias. Além disso, foi o segundo ano em que houve a premiação para os melhores trabalhos jornalísticos de TV. Chico Otávio, do jornal O Globo, foi o grande vencedor da noite. Ele levou o Prêmio Esso de Informação Científica, Tecnológica e Ecológica, junto com as colegas Ana Lúcia Azevedo e Roberta Jansen. Com Bernardo de La Peña, Rodrigo Rangel e Renato Garcia, ele levou o maior prêmio da noite: o Prêmio Esso de Jornalismo, com a matéria ?Sentenças suspeitas?.

Um dos jurados, Paulo Totti, da Gazeta Mercantil, contou que todas as reportagens de jornal inscritas eram altamente qualificadas, em especial as do Nordeste do país, que, confessa, lhe provocou surpresa. Ele lamentou que os trabalhos inscritos para a categoria Revista tenham ficado para trás daqueles para a categoria Jornal. ?O ano foi marcado pelas eleições, a Copa do Mundo, a instabilidade do Real, mas não houve matérias impactantes de política, economia e esporte?, disse Totti a Comunique-se.

Ana Cristina Miguez, de O Dia, disse que houve discussões longas quando chegou o momento de avaliar as cinco finalistas de Jornal de São Paulo. ?Todas tinham um nível excelente. Foi difícil escolher?.

A escolha final dos vencedores de Jornais/Revistas coube a uma Comissão de Premiação especialmente formada para isso, assim como também coube a esta mesma comissão a escolha do vencedor na categoria Telejornalismo. A indicação da foto vencedora do Prêmio Esso de Fotografia foi feita, via internet, por uma Comissão Especial de 45 jurados. Como sempre acontece, a festa de premiação, destinada a homenagear os finalistas e os vencedores, também foi uma ótima oportunidade de confraternização entre os jornalistas e marcou os 47 anos de existência ininterrupta do Prêmio Esso de Jornalismo.

O primeiro prêmio entregue na noite foi para Melhor Contribuição à Imprensa em 2002, condedido ao site Controle Público, uma iniciativa do repórter Fernando Rodrigues e do jornal Folha de S. Paulo, divulgado na Internet pelo Universo On Line – UOL. O site dá acesso a informações de caráter público, mas que ficavam inacessíveis pela incapacidade e falta de interesse do Estado. O Controle Público buscou dados no Tribunal Superior Eleitoral e nos tribunais regionais eleitorais dos 26 Estados e do Distrito Federal, reunindo 6.730 registros com as informações pessoais, eleitorais e patrimoniais de políticos que disputaram as eleições de 1998, 2000 e 2002, constituindo-se no maior censo socioeconômico sobre a elite política do País.

Em seguida foram anunciados os outros vencedores:

Prêmio Esso Regional Norte

Shirley Penaforte, com a foto ?Contradição?, publicada no Amazônia Jornal.

Prêmio Esso Regional Nordeste

Eduardo Machado, com o trabalho ?Raízes da violência?, publicado no Jornal do Commercio, de Recife. Nesta categoria, a Comissão Julgadora decidiu fazer um destaque especial ao jornalista Heitor Cunha, pelo trabalho ?Por que morrem os jovens?, publicado no Diário de Pernambuco.

Prêmio Esso Regional Centro-Oeste

Tina Evaristo e equipe, com a série de reportagens ?Grilagens em Brasília?, publicada no Correio Braziliense. A jornalista agradeceu o prêmio lembrando que foram três meses de muito trabalho que resultou na reportagem que revelou o envolvimento do governador Joaquim Roriz PMDB com grilagem no estado.

Prêmio Esso Regional Sul

Letícia Duarte e Ciro Fabres Neto, com o trabalho ?Adolescência prostituída?, publicado no jornal Pioneiro, de Caxias do Sul. Letícia disse que o jornalismo tem uma função social muito importante e que estava feliz em ter contribuído com sua reportagem.

Prêmio Esso Especial Interior

Daniela Arbex, com o trabalho ?Cova 312?, publicado no jornal Tribuna de Minas, de Juiz de Fora. A jornalista descobriu a cova de um preso político que estava sendo dado como desaparecido. Daniela dedicou o prêmio a ele e à sua família.

Prêmio Esso de Criação Gráfica – Revista

Roberto Weigand e Alex Soletto, com o trabalho ?Uma nação em pânico?, publicado na revista IstoÉ. O trabalho mostrava na capa da revista um corpo estirado coberto por um lençol branco manchado de sangue, com os contornos do Brasil. A foto remetia ao episódio do assassinato do prefeito de Santo Andé, Celso Daniel. Muito ovacionado pela platéia, os vencedores agradeceram o prêmio lendo duas cartas de leitores enviadas na ocasião da publicação, que elogiavam a capa da revista. Uma das cartas lidas falava que o trabalho era merecedor de um Prêmio Esso.

Prêmio Esso de Criação Gráfica – Jornal

Gil Dicelli Alencar de Souza , com o trabalho ?Caderno especial Patativa do Assaré?, publicado no jornal O Povo, de Fortaleza. Visivelmente emocionado, Gil disse que não era um homem de palavras e sim de imagens. O jornalista dedicou o prêmio ao poeta Patativa do Assaré, morto em julho deste ano. ?Patativa foi e continua sendo um dos maiores poetas que o Brasil já teve?, completou o vencedor.

Prêmio Esso Especial de Primeira Página

Sandro Vaia e Alaor Filho, com o trabalho ?O maior campeão do mundo?, publicado no jornal O Estado de S. Paulo. O trabalho mostrava uma foto de Cafu erguendo a taça de Campeão do Mundo sob um ângulo diferente, com o time à sua frente e a chuva de papel laminado picado ao fundo.

Prêmio Esso de Informação Científica, Tecnológica e Ecológica

Ana Lúcia Azevedo, Chico Otávio e Roberta Jansen, com o trabalho ?Planeta Terra?, publicado no jornal O Globo.

Prêmio Esso de Informação Econômica

Fátima Fernandes e Cláudia Rolli, com o trabalho ?Acordo de conciliação lesa trabalhadores?, publicado no jornal Folha de S. Paulo.

Prêmio Esso de Fotografia

Wania Corredo, com a seqüência fotográfica ?Execução em uma rua de Benfica?, publicada no jornal Extra. Emocionada e muito aplaudida pelos colegas, Wania quase não conseguiu falar. Com a voz embargada, confessou que aquele momento era um dos mais importantes da vida dela. Grávida de oito meses, Wania ganhou recentemente os prêmios Embratel e Líbero Badaró.

Prêmio Esso Regional Sudeste

Alessandro Silva e Gilmar Penteado com o trabalho ?PM recruta presos para combate ao PCC?, publicado no jornal Folha de S. Paulo.

Prêmio Esso Especial de Telejornalismo

Eduardo Faustini, Ricardo Pereira, Alberto Fernandes, Celso Gomes e Mário Amorim, com o trabalho ?Corrupção em São Gonçalo?, exibido no programa Fantástico, da Rede Globo de Televisão. O prêmio foi entregue por Alessandra Wagner, viúva do jornalista Tim Lopes, vencedor da categoria na edição do ano passado. Quem subiu ao palco foi Luiz Nascimento, diretor do Fantástico, que agradeceu a premiação em nome dos colegas, principalmente Eduardo Faustini, que mantém o anonimato para sua própria segurança.

Prêmio Esso de Reportagem

Sérgio Ramalho, com o trabalho ?Morto sob Custódia?, do jornal O Dia. A reportagem denuncia a morte, por traumatismo craniano, do auxiliar de cozinha Antônio Gonçalves de Abreu, preso pela Polícia Federal, dois dias antes, sem qualquer ferimento. O jornalista emocionado dedicou o prêmio à mãe de Antônio.

Prêmio Esso de Jornalismo

Chico Otávio e equipe do jornal O Globo, com o trabalho ?Sentenças suspeitas?. Chico Otávio foi aplaudido de pé e disse, durante seu agradecimento, que esta reportagem foi uma das mais difíceis que ele e a equipe já fizeram. Foram três meses de trabalho com muito pressão e ameças de processos. Chico disse a Comunique-se que uma das maiores dificuldades foi entender o complicado aparelho judicial. ?O esquema judiciário é muito sofisticado, para derrubar essa cortina de fumaça foi preciso entender muito bem o funcionamento?, disse o jornalista."

 


"Jornalistas da Folha recebem o Prêmio Esso em três categorias", copyright Folha de S. Paulo, 19/12/2002

"A Folha foi vencedora do Prêmio Esso de Jornalismo 2002 em três categorias. As repórteres Fátima Fernandes e Cláudia Rolli ganharam em Informação Econômica. O site Controle Público, desenvolvido pelo colunista Fernando Rodrigues, foi considerado a ?Melhor Contribuição à Imprensa?. Os repórteres Alessandro Silva e Gilmar Penteado ganharam o prêmio Regional Sudeste.

Os resultados foram divulgados anteontem, no Rio. A Folha também foi finalista em Reportagem, com ?Fraudes no Balanço da Reforma Agrária?, de Rubens Valente e Eduardo Scolese.

O Prêmio Esso de Jornalismo do ano coube a Chico Otávio, Bernardo de La Peña, Renato Garcia e Rodrigo Rangel, de ?O Globo?, com ?Sentenças suspeitas?, sobre a corrupção no Judiciário.

Sérgio Ramalho, do jornal ?O Dia? (RJ), levou o prêmio de melhor reportagem, graças ao trabalho ?Morto sob custódia?, sobre um preso que teve o crânio fraturado nas dependências da PF. O prêmio de fotografia foi para Wania Corredo, do ?Extra? (RJ), pela sequência fotográfica ?Execução em uma rua de Benfica?.

?Sem apoio da lei, PM recruta presos para operações de combate ao PCC?, em 28 de julho, deu início à série de reportagens da Folha de Alessandro Silva e Gilmar Penteado, que ganhou o prêmio Regional Sudeste. A série revelou métodos de investigação ilegais usados pelo Gradi (Grupo de Repressão e Análise de Delitos de Intolerância) da PM paulista.

Fátima Fernandes e Cláudia Rolli foram premiadas com a série iniciada pela reportagem ?Acordo de conciliação lesa trabalhadores?, de 19 de maio. Elas noticiaram que as comissões de conciliação prévia, criadas para resolver conflitos trabalhistas, prejudicam o trabalhador porque diminuem o valor das indenizações.

O site Controle Público (www.controlepublico.com.br), coordenado pelo repórter especial Fernando Rodrigues, foi considerado uma ferramenta importante para o trabalho jornalístico. Iniciativa inédita, o site permite o acesso a informações patrimoniais de mais de 4.000 políticos."

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem