Quarta-feira, 22 de Novembro de 2017
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº967

PRIMEIRAS EDIçõES > ROONE ARLEDGE

Morre pioneiro da ABC

Por lgarcia em 18/12/2002 na edição 203

ROONE ARLEDGE

Morreu, aos 71 anos, o diretor, produtor e executivo de TV americano Roone Arledge, introdutor de diversas técnicas e estilos na televisão. Sempre na rede ABC, Arledge começou revolucionando o esporte televisionado, sendo pioneiro no uso de câmera lenta, microfones que captam a ação no campo e câmeras sem tripé. Durante as 10 Olimpíadas cujas coberturas supervisionou, introduziu o conceito de fazer perfil dos atletas, indo além da mera transmissão das competições. Em 1994, a revista Sports Illustrated escolheu os 40 indivíduos que mais influenciaram os esportes no 40 anos anteriores e ele ficou em terceiro, atrás de Muhamad Ali e Michael Jordan. Arledge ganhou o prêmio Emmy 36 vezes e foi citado como um dos 100 americanos mais importantes do século 20 em enquete de 1990 da revista Life.

Em 1977, mesmo continuando no esporte, foi convocado para ressuscitar o problemático setor de jornalismo da ABC, do qual foi presidente até 1998. "O pessoal do jornalismo ficou irado porque eu não havia sido repórter e não havia começado de baixo. Os artigos de jornal eram brutais", contou certa vez. Depois de alguns fracassos, programas de sucesso como 20/20 , Prime Time Live e Nightline foram criados sob a batuta de Arledge. Ele é amplamente reconhecido como responsável ? ou culpado ? por alguns apresentadores de telejornais terem fama e dinheiro comparáveis aos de astros de Hollywood. Grandes nomes como Peter Jennings, Sam Donaldson e Ted Koppel devem boa parte de seu sucesso a Arledge. Segundo Tara Burghart, da AP [6/12/02], o executivo morreu por complicações de um câncer.

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem