Segunda-feira, 25 de Setembro de 2017
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº958

PRIMEIRAS EDIçõES > OI, SEIS ANOS

Na caixa postal do leitor

Por lgarcia em 01/01/2003 na edição 205

OI, SEIS ANOS

Beatriz Singer (*)

Quando surgiu na internet, há seis anos, o Observatório da Imprensa não imaginava chegar aonde chegou. A crise editorial no meio eletrônico pegou muitas publicações online de surpresa, e o abatimento em massa de bons sítios e de postos de trabalho foi inevitável. Apesar de assistir a quedas à sua volta, o OI conseguiu manter-se, observando e analisando semanalmente o que o leitor de jornal, o espectador de TV e o ouvinte de rádio começam a ler e entender com outros olhos e novas exigências. "Você nunca mais vai ler jornal do mesmo jeito".

No começo deste ano, o OI retomou um serviço interrompido em maio de 2000. Trata-se do envio de e-mails (autorizados pelos destinatários) que informam sobre os principais assuntos, e seus links, da edição que irá para a rede com data do dia seguinte. A partir da edição 161 (27/2/2002), o primeiro boletim informativo da nova fase foi distribuído a quase 500 pessoas. Dez boletins semanais depois, o OI já distribui seus links via e-mail a exatas 4.202 pessoas ou instituições (computadas até 3/5). E o número solicitações de cadastros cresce a cada dia.

A adoção de um mailing para avisar os leitores das novidades do sítio é a forma encontrada de manter o público atento e para reforçar o OI online como um ponto de encontro de discussões acerca da mídia.

Em tempos de crise da mídia eletrônica, o este Observatório
se orgulha de comemorar 6 anos de existência como uma voz ativa, independente
e cada vez mais ouvida. Os abalos sísmicos por que passamos serviram
para fortalecer os fundamentos d OI. Que venham os próximos anos!

(*) Ex-estagiária de pesquisa, atual colaboradora do OI

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem