Na língua dos jovens | Observatório da Imprensa - Você nunca mais vai ler jornal do mesmo jeito
Sexta-feira, 17 de Agosto de 2018
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº1000
Menu

PRIMEIRAS EDIçõES > CNN

Na língua dos jovens

Por lgarcia em 16/10/2002 na edição 194

CNN

O gerente geral da CNN Headline News, Rolando Santos, quer que a emissora americana de notícias adote um linguajar mais jovem. Mensagem com um dicionário de gírias foi enviado para os redatores de manchetes. “O e-mail era informativo e não uma política ou diretiva minha. Isto posto, devo dizer que quero a linguagem de nossos gráficos real, atual e relevante para as pessoas que nos assistem”, explicou Santos. Há um ano, a rede adotou gráficos que se parecem com tela de computador. De acordo com a AP [2/10/02] seu público jovem tem aumentado.

No terceiro trimestre, no entanto, a CNN teve queda de 26% na audiência geral em relação ao mesmo período do ano passado. MSNBC e CNBC também apresentaram resultados negativos: quedas de 35% e 27%, respectivamente. Somente a líder Fox News teve crescimento no segmento de canais de notícias a cabo? 24%, alcançando média de 629 mil espectadores contra 518 mil da CNN. Agora já é possível fazer um balanço de um ano depois dos atentados de 11/9, que influenciaram muito a audiência desses canais. Dados indicam que a Fox News ganha em tempos de paz, enquanto que a CNN sobe com cobertura de guerra, na qual é especialista.

No horário nobre, o domínio é da Fox News. Quatro dos cinco programas mais assistidos são da emissora. O’Reilly Factor, da Fox, continua em primeiro, seguido de Larry King Live, da CNN.

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem