Domingo, 24 de Setembro de 2017
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº958

PRIMEIRAS EDIçõES > NEWS CORP.

Âncoras de pé

Por lgarcia em 01/08/2001 na edição 132

NOVA MODA

Quando o político Pat Buchanan foi à CNN gravar participação no programa Inside Politics, teve uma surpresa ? após escalar um precário lance de escadas até o telhado do prédio, foi informado de que ficaria de pé sobre uma mala, tendo como pano de fundo uma vista panorâmica da cidade. "Foi minha entrevista mais aterrorizante", disse o ex-candidato à Presidência da República.

A história, contada por Elizabeth Jensen [Los Angeles Times, 21/7/01], ilustra a nova tendência dos telejornais americanos: âncoras ? e mesmo os entrevistados ? de pé. O programa da CNN não foi o único a descartar mesas e cadeiras. Dan Rather, apresentador do CBS Evening News, começou a apresentar um segmento do programa em pé, assim como Wolf Blitzer e Joie Chen, da CNN, e Shepard Smith, da Fox News Channel.

A nova moda é uma tentativa de seduzir o público que "zapeia" pelos canais de TV. Até mesmo os analistas esportivos da NBC adotaram o estilo, comum aos apresentadores dos boletins meteorológicos. Para Dennis Murray, produtor-executivo da Fox, ter âncoras de pé remove barreiras entre a TV e o telespectador e libera espaço na tela para vídeos e dados. Na opinião do produtor-executivo David Doss, do Prime Time Thursday da ABC, um apresentador de pé deixa o programa "mais vigoroso". "Isto não é exclusivo para âncoras; pessoas em pé parecem ter mais energia, vitalidade, urgência."

 

NEWS CORP.

A Federal Communications Commission (FCC) decidiu aprovar a compra da Chris-Craft Industries pela News Corporation. No dia 25/7, por três votos a dois, a Fox Television Holdings, empresa subsidiária da News Corp., foi liberada para completar a fusão. A decisão confere à companhia de Rupert Murdoch o controle, sem precedentes, das duas maiores estações de TV de Nova York.

Segundo as regras atuais, para proteger os consumidores, uma companhia não pode ter veículos de comunicação em diferentes meios no mesmo mercado. A News Corp. já obteve uma licença permanente para controlar The New York Post e a estação WNYW-TV (canal 5). A nova fusão teve que ser julgada pela comissão federal, pois a Chris-Craft comanda 10 estações televisivas, incluindo a WWOR-TV de Nova Jersey (canal 9).

Ao pedir a aprovação, os executivos da News Corp. alegaram que o New York Post é uma "perda de dinheiro" e que faliria se a companhia tivesse que vendê-lo. Para Andrew Jay Schwartzman, presidente da organização Media Access Project, "Rupert Murdoch já tem uma estação de TV e um jornal na cidade. Não são empresas mal-sucedidas e não faltam pessoas que se disponham a comprar o canal 9, então estas justificativas não se sustentam". No entanto, não foram feitas quaisquer restrições ao acordo, que poderiam determinar a venda do jornal ou de alguma das estações envolvidas na transação.

Embora a aprovação se oponha às regras antitruste, a Fox não está isenta do cumprimento do limite previsto por lei, que declara que uma entidade não pode controlar estações que atinjam mais de 35% da audiência nacional. A empresa terá 12 meses para cumprir a meta. As informações são de Jayson Blair [The New York Times, dias 21 e 26/7/01].

    
    
                     

Mande-nos seu comentário

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem