Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº970

PRIMEIRAS EDIçõES > CASO JOELMIR BETING

Normas de conduta impedem propaganda

Por lgarcia em 09/12/2003 na edição 254

CASO JOELMIR BETING

Rodolfo Fernandes (*)


O diretor de redação do Globo enviou a seguinte mensagem ao Observatório:


O que tenho a dizer é basicamente o que está no comunicado que enviei aos editores do jornal no dia em que decidimos pela suspensão da publicação da coluna.O que posso acrescentar é que esta é uma regra básica aqui no Globo, muito explícita nas nossas "Normas de Conduta". Tenho muito respeito pelo Joelmir Beting, mas não foi possível compatibilizar as duas atividades. Não sei como funciona isso em outros jornais e vejo que há colunistas em atividade na grande imprensa que fazem, ou já fizeram, campanhas publicitárias comerciais. Mas é decisão de cada veículo e não me cabe comentar.

Este é o comunicado:


"Caros,

Para conhecimento de vocês e a fim de evitar que saibam amanhã pelas páginas, a partir de hoje estamos deixando de publicar a coluna do Joelmir Beting, que desde 1979 colaborava com o Globo.

Entendemos que sua decisão de passar a aceitar convites para fazer propaganda comercial não é compatível com a publicação da coluna e contraria as Normas de Conduta do jornal.

Ele tomou esta decisão após deixar a TV Globo e sua primeira campanha, que vai durar 90 dias, já está em jornais, revistas e na televisão. O cliente é o Bradesco. Ficou claro que são funções inconciliáveis uma coluna ? especialmente, no caso, de economia ? e a propaganda de serviços de um banco.

Conversamos com ele, que foi avisado previamente da decisão.

Rodolfo"


Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem