O Brasil na pesquisa de ponta | Observatório da Imprensa - Você nunca mais vai ler jornal do mesmo jeito
Quarta-feira, 15 de Agosto de 2018
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº1000
Menu

PRIMEIRAS EDIçõES > JORNALISMO SEM JORNALISTA

O Brasil na pesquisa de ponta

Por lgarcia em 09/10/2002 na edição 193

JORNALISMO SEM JORNALISTA

Victor Gentilli

No domingo (6/10), dia das eleições, Elio Gaspari, em sua coluna dominical no Globo, Folha de S.Paulo e vários outros jornais brasileiros, mostrou-se surpreso e certamente surpreendeu boa parte de seus leitores com as novas possibilidades do sítio de notícias do conhecido programa de busca Google. O sítio seleciona notícias por assunto sem qualquer participação humana. Tudo é previamente programado. Discretamente, no pé do sítio, vem a informação, em inglês: "This page was generated entirely by computer algorithms without human editors".

Os pesquisadores brasileiros de jornalismo que acompanham as pesquisas de seus colegas não tiveram tanta surpresa. O professor Nilson Lage, da Universidade Federal de Santa Catarina, pesquisa o assunto há alguns anos e chegou a apresentar, no GT de Jornalismo do Congresso da Intercom, em 2000, uma pesquisa sobre as possibilidades da notícia sem jornalista. É certo que a pesquisa do brasileiro não segue rigorosamente a mesma direção que resultou nesta nova página do Google. Mas as possibilidades do computador como auxiliar do jornalista em funções nunca antes imaginadas parecem se tornar cada dia mais próximas do nosso cotidiano.

É uma realidade assustadora, mas também desafiadora. E é bom saber que temos no Brasil pesquisadores que não se assustam e aceitam desafios.

Leia também

para
download]

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem