Sábado, 17 de Fevereiro de 2018
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº974

PRIMEIRAS EDIçõES > VÔLEI NO FANTÁSTICO

O homem não foi à Lua…

Por lgarcia em 16/10/2002 na edição 194

VÔLEI NO FANTÁSTICO

Lucas Wilkens Flores Soares (*)

É uma vergonha o que a Globo fez neste domingo (13/10). Transmitiu a final da Copa do Mundo de Vôlei como se fosse ao vivo. Manteve todo o tempo, no canto do vídeo, aquele globo indicativo das transmissões ao vivo. Muitas pessoas devem ter torcido pela vitória da equipe do Brasil. Mal sabiam elas que o jogo já havia terminado e o Brasil havia derrotado a equipe russa por 3 x 2. É que o Sportv, canal pago do sistema Globosat, estava transmitindo o jogo desde o começo, em tempo real. Ao vivo, mesmo.

Quando a Globo percebeu que o time do Brasil poderia ganhar o título, resolveu aproveitar-se e começou a transmissão aberta; porém, em relação ao Sportv, havia um delay de aproximadamente um set.

Enquanto no Sportv os jogadores festejavam a vitória inédita para o esporte nacional, na Globo o jogo estava indo para o decisivo tie break. E o pior é que aquele globo, no canto do vídeo, continuava indicando que a transmissão era ao vivo. Pior ainda era o Sr. Galvão Bueno tentando transmitir uma emoção inédita de algo que já havia acontecido.

Sinceramente, está na hora de a televisão brasileira, e não só a Globo, passar a respeitar um pouco mais o seu telespectador. Do contrário, não poderei mais chamar de loucos os que ainda duvidam de que o homem foi à Lua, e acreditam que tudo aquilo não passou de truque de TV.

(*) Publicitário

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem