Sexta-feira, 24 de Novembro de 2017
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº967

PRIMEIRAS EDIçõES > TELETIPO

Parlamento sob suspeita

Por lgarcia em 22/01/2003 na edição 208

TELETIPO

A Polônia instalou investigação parlamentar para apurar as alegações de que um produtor de filmes pediu suborno em nome do partido do primeiro-ministro Leszek Miller. Promotores públicos já estão investigando as acusações feitas por Adam Michnik, editor do jornal Gazeta Wyborcza, que transcreveu trechos da conversa em que o produtor Lew Rywin pediu US$ 17,5 milhões para mudar a lei que proíbe propriedade cruzada de mídia. Segundo a Reuters [1/1/03], o próprio Michnik foi criticado por divulgar a conversa seis meses após o ocorrido.

A organização Repórteres sem Fronteiras condenou a tentativa de destruição do transmissor de uma rádio judaica em Marselha, na França, dizendo-se preocupada com o aumento no número de ataques contra a mídia comunitária no país. A antena de 54 metros da estação caiu em 30 de dezembro após alguém ter mexido nos pilares de sustentação. O presidente da emissora, Jean-Jacques Zenou, declarou que em 2001 um cabo elétrico da rede foi cortado. Informações do RSF [7/1/03].

O governo mexicano tomou a freqüência de um canal de TV que está sendo disputado por duas emissoras. Conta a Reuters [10/1] que a intervenção foi feita após a rede Azteca ter assumido a torre de transmissão da CNI, emissora menor e independente. A freqüência ficará sob controle governamental até que se resolva a disputa legal, começada em 2000, quando a CNI abandonou um acordo fechado com a Azteca pelo qual recebeu US$ 25 milhões.

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem