Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº970

PRIMEIRAS EDIçõES > TELETIPO

Pelo direito de invasão

Por lgarcia em 17/07/2002 na edição 181

TELETIPO

O jornal inglês Daily Mirror recorreu da condenação, que sofreu em março, de pagar US$ 5.360 a Naomi Campbell por ter noticiado que ela freqüentava reuniões dos Narcóticos Anônimos, o que teria violado seu direito à privacidade. Na corte de apelação, o advogado do diário mencionou as mentiras que a modelo contou sobre seu envolvimento com drogas e frisou que, apesar disso, o Mirror manteve postura favorável à atitude dela de procurar tratamento. O jornal argumentou que, se uma figura pública apresenta imagem baseada em falsidades, é de interesse público que isso seja exposto. Informações da Reuters [8/7/02].

A atriz Jennifer Aniston, do seriado Friends, fechou acordo com as revistas Celebrity Skin e High Society, que processava por terem publicado fotos em que fazia topless no quintal da casa onde vive com o marido, Brad Pitt. Faz parte do trato que informações como o valor pago pelas editoras Man?s World e Crescent não sejam divulgadas. No tribunal, as acusadas alegaram que as fotografias eram de interesse jornalístico. As imagens saíram em publicações européias antes de aparecerem nos EUA, em 1999. Jennifer processou outras revistas que as publicaram. A queixa contra o fotógrafo que teria escalado o muro do vizinho para bater as fotografias ainda está em julgamento, segundo a AP [2/7/02].

A cantora e compositora Alanis Morissette entrou com processo contra o sítio alanis.net, alegando ser "desconcertantemente semelhante" à sua página oficial, alanis.com. Diversos produtos estariam sendo vendidos ali sem autorização da artista. Russell Smith, mantenedor do alanis.net, diz, em carta publicada no sítio, que nunca usou o nome ou a imagem de Alanis Morissette. Ela quer que a página saia do ar e pede ressarcimento por danos financeiros. O registro de domínios com nome de celebridades por terceiros, para vendê-los posteriormente, é chamado "cybersquatting". As atrizes Julia Roberts e Nicole Kidman, as tenistas Serena e Venus Williams e as cantoras Madonna e Celine Dion já ganharam processos semelhantes, reporta a Reuters [2/7/02].

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem