Terça-feira, 26 de Setembro de 2017
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº959

PRIMEIRAS EDIçõES > TELETIPO

Por menos monopólios

Por lgarcia em 11/12/2002 na edição 202

TELETIPO

A Federação Internacional de Jornalistas (FIJ) e a Federação Européia de Jornalistas (FEJ) apóiam a iniciativa de parlamentares da Espanha de criar regras que, a partir do ano que vem, estanquem o processo de concentração de propriedade de veículos de comunicação. Segundo a FIJ [28/11/02], a regulamentação proposta obrigaria o grupo Prisa, que detém o diário El País, a vender um canal de TV local de sua propriedade e impossibilitaria a compra de emissoras locais pelo grupo Correo, que já possui 20 jornais. Pesquisa feita pela FEJ mostra que o excesso de monopolização atinge praticamente toda a Europa. As duas federações esperam que o processo na Espanha estimule outros países a reverem suas leis de mídia.

Isioma Daniel, a repórter que enfureceu fundamentalistas islâmicos da Nigéria, foi eleita "Mulher do Ano" pela revista feminista Ms. Anne Mollegan Smith, editora de Ms., explica que o artigo publicado na edição atual da revista foi escrito por Isioma em outubro, portanto não está comenta o fatwa (decreto religioso) pedindo a morte da repórter que algumas autoridades islâmicas quiseram emitir. A matéria fala dos protestos de mulheres das comunidades ao redor do rio Niger que fecharam refinarias e portos da ChevronTexaco exigindo escolas para as crianças e água limpa. Informações de Keith J. Kelly [New York Post, 29/11/02].

O publisher britânico Felix Dennis encontrou uma nova maneira de atrair leitores: passou a enviar a revista The Week de graça a prisioneiros americanos. Ainda assim, a um grupo seleto ? entre os contemplados, apenas criminosos de colarinho-branco, condenados por chantagem ou fraude, e o ator Robert Blake, acusado de assassinar a mulher. Segundo o gerente-geral da revista, Justin Smith, a intenção é conquistar um público que pode se tornar pagante quando deixar a cadeia. Uma lista em potencial são os funcionários da Enron. "Estamos de olho neles", revela Smith, embora ninguém ainda tenha sido preso pelo escândalo da companhia. Informações de Keith J. Kelly [New York Post, 27/11/02].

Para Al Gore, ex-vice-presidente dos EUA, um dos problemas enfrentados pelos democratas é a mídia americana. Hoje, "há grandes vozes institucionais que, para dizer a verdade, são partes inseparáveis do Partido Republicano. A rede Fox, o Washington Times, [o radialista] Rush Limbaugh ? alguns deles são financiados por bilionários ultraconservadores que tem negócios com os governos republicanos", afirmou o político durante turnê de promoção do novo livro. A declaração da Fox: "Não vamos nos dar o trabalho de responder isto". Informações de Josh Benson [New York Observer, 2/12/02].

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem