Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº970

PRIMEIRAS EDIçõES > THE WASHINGTON POST

Por trás da notícia

Por lgarcia em 24/07/2002 na edição 182

THE WASHINGTON POST

"De vez em quando, há histórias por trás das reportagens do jornal. Elas não afetam muito os leitores, mas às vezes podem causar caras feias nas redações." O ombudsman do Washington Post, Michael Getler, expõe exemplos de casos assim em coluna de 14/7.

No dia 10, o jornal publicou na primeira página reportagem sobre importante estudo que revela que a reposição hormonal na menopausa para mulheres saudáveis traz mais prejuízo do que benefícios. De fato, é um assunto que afeta milhões de pessoas. Acontece que a notícia já havia sido capa do New York Times e do USA Today, no dia anterior. Esses dois diários, e talvez alguns outros, tiveram acesso à informação por meio de uma agência na noite do dia 8, antes da publicação no jornal da Associação Médica Americana (Jama). Assim, quando o Post tocou no assunto pela primeira vez, outros jornais já traziam reportagens sobre as reações à notícia.

Dividindo a capa do Post com o artigo de reposição hormonal, havia uma história fascinante sobre um vôo secreto de extradição de 131 paquistaneses feito pelos EUA em 26 de junho. O tom do texto era de furo jornalístico. No entanto, o Washington Times já noticiara a operação no dia 1?, com base em comunicado da embaixada do Paquistão na capital americana ? ou seja, não se tratava de algo sigiloso. Um editor do Post admitiu o equívoco e disse que, se a equipe soubesse do artigo do rival, teria informado aos leitores.

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem