Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº969

PRIMEIRAS EDIçõES > JORNAIS AMERICANOS

Promessas de crescimento

Por lgarcia em 19/08/2003 na edição 238

JORNAIS AMERICANOS

Estudo da empresa Veronis Suhler prevê maior crescimento dos jornais dos EUA nos próximos cinco anos. Até 2007, os ganhos com publicidade e circulação devem aumentar, em média, 5,4% por ano, contra 1,4% entre 1997 e 2002.

Ainda assim, segundo Robert Broadwater, diretor da Veronis, a fatia do mercado publicitário destinada aos jornais e o tempo que as pessoas gastam lendo-os devem continuar caindo. Como informa matéria da Editor & Publisher [11/8/03], o grande desafio da indústria será aumentar a circulação. A decadência dos vespertinos, que compõem 15,2% da circulação em dias úteis, e a quebra de diários em praças onde só há dois concorrentes, são os principais fatores que têm feito a tiragem total nos EUA cair.

Um fenômeno que ainda está sob observação é o dos jornais gratuitos. Pequenos, são distribuídos para serem lidos rapidamente em transporte público, no caminho para o trabalho. Nos EUA, já existem em Boston, Washington, Chicago e Filadélfia. Segundo a Reuters [11/8/03], neles está depositada a esperança de ganhar leitores nas faixas mais jovens da população ? entre 18 e 34 anos ?, a favorita dos anunciantes, mas que representa apenas 17% do total de assinantes em dias úteis, segundo dados da Newspaper Association of America.

Rem Rieder, vice-presidente sênior do American Journalism Review, concorda que é necessário atrair leitores jovens, mas alerta para a profundidade do conteúdo dos jornais gratuitos: "Se você considerar o jornalismo do ponto de vista da informação que traz aos cidadãos numa democracia, eles certamente não fazem grande coisa."

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem