Sexta-feira, 19 de Julho de 2019
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº1046
Menu

PRIMEIRAS EDIçõES >

PUC-SP lança especialização em Jornalismo Político, Econômico, Social e Institucional

Por lgarcia em 05/08/1999 na edição 72


Observação importante

Amigos, e-mails para esta página serão publicados quando contiverem no máximo cinco linhas, palavras devidamente acentuadas, caixa alta e baixa em nomes próprios e início de sentença, sem formatação especial, cor ou adereços.

 

O Programa de Pós-Graduação lato sensu em Comunicação Jornalística da PUC-SP abarca oito cursos de especialização. Cada um dura 360h e pode ser realizado em 18 ou 24 meses. Os cursos são voltados para as principais áreas editoriais do Jornalismo:

  • Jornalismo Político – início em 14 de agosto
  • Jornalismo Econômico – início em 14 de agosto
  • Jornalismo Social – início em 13 de agosto
  • Jornalismo Institucional – início em 12 de agosto
  • Jornalismo Multimídia – em fase de implantação, lançamento previsto em 2000
  • Jornalismo, Educação e Ciência – em fase de implantação, lançamento previsto em 2000
  • Jornalismo Internacional – inscrições encerradas, novas turmas em 2000
  • Jornalismo Cultural – inscrições encerradas, novas turmas em 2000

A estrutura dos cursos permite que o aluno faça sua programação respeitando a disponibilidade de tempo e principais interesses. Além das disciplinas obrigatórias da área principal escolhida, o aluno faz disciplinas optativas em outras áreas do Programa.

À exceção das disciplinas de pesquisa, todas as demais são autônomas, podendo, excepcionalmente e a critério da Coordenação, ser cursadas isoladamente, sob forma de extensão universitária, sempre que houver vagas disponíveis.

O aluno que tiver em cada disciplina nota igual ou superior a 7,0 com 75% de freqüência recebe o grau de “aprovado” e o Certificado de Especialização com validade nacional conforme regulamentado pelo Conselho Nacional de Educação.

Objetivos

  • Abrir um espaço de reflexão e discussão sobre o papel social da mídia jornalística no Brasil.
  • Abordar com realismo e coragem os conflitos éticos do jornalista de hoje
  • Indicar caminhos para um jornalismo politicamente mais crítico e tecnologicamente mais inovador
  • Complementar a formação do jornalista em áreas específicas e gerar competência interdisciplinar para uma visão contextualizada dos fatos
  • Contribuir para viabilizar o direito do cidadão brasileiro a uma informação jornalística de qualidade.

Público-Alvo

  • Profissionais e graduados da área de Comunicação que desejam ampliar sua formação e aprofundar conhecimentos sobre temas específicos do Jornalismo;
  • graduados de outras áreas que têm interesse em conhecer e pesquisar o mundo da mídia.

Professores

Para tratar dos principais temas da atualidade, a PUC-SP selecionou um quadro de profissionais que combinam a experiência prática em Jornalismo com a profundidade da reflexão teórica adquirida em muitos anos de pesquisa. Mais de 90% desses profissionais têm títulos de mestre e doutor.

Os conteúdos são sempre atualizados, acompanhando o movimento dinâmico do noticiário. A participação de conferencistas especializados contribui para que os alunos desfrutem de uma visão rica e multifacetada dos fatos.

Na parte prática, os cursos contam com apoio de laboratórios de Rádio, Vídeo, Foto, Texto e Multimídia.

Promoção

PUC-SP ? Faculdade de Comunicação e Filosofia ? Departamento de Comunicação Jornalística

Local

Pontifícia Universidade Católica de São Paulo – PUC/SP

Rua João Ramalho, 182 (esquina com Cardoso de Almeida) ? Perdizes

Coordenação Geral

Profa. Margarethe Born Steinberger-Elias (Depto. de Comunicação Jornalística – PUCSP)

Inscrições

COGEAE – Coordenação Geral de Especialização, Aperfeiçoamento e Extensão da PUC-SP

Rua João Ramalho, 182

Telefone: (011) 3873-3155

Fax: (011) 262.0180

Website <http://cogeae.pucsp.br>

Horário: 2as. às 6as. feiras ? das 9 às 21h e aos sábados das 8 às 13

 

O rigor histórico não está condenado à prosa de notário; é possível conviver com as figuras do passado. Ora vejam: a pedido da boneca Emília, Fanny Abramovich conduz Monteiro Lobato até Vidas Lusófonas. Acompanhado vem ele por toda a turma do Sítio do Picapau Amarelo, barafunda, alegria, reinação. Aqui já moram 35 e tudo está a acontecer, cada vida/cada conto. O endereço é <www.vidaslusofonas.pt>.

Fernando Correia da Silva, coordenador


Início do Caderno do Leitor

Use o e-mail para nos mandar sua contribuição

Para garantir a publicação de sua correspondência, use correio eletrônico. Críticas e denúncias contra veículos de comunicação citados nominalmente serão submetidas aos mesmos, para que tenham oportunidade de resposta simultânea à publicação da crítica ou denúncia.

Todos os comentários

Siga o Observatório da Imprensa
Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. | Política de Privacidade | Termos de Uso
x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem