Sexta-feira, 17 de Novembro de 2017
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº966

PRIMEIRAS EDIçõES >   FOLHA COM ANABOLIZANTES

Raquel Pinto

Por lgarcia em 27/05/2003 na edição 226

MERVAL PEREIRA COLUNISTA

“Mudanças para Merval Pereira”, copyright Comunique-se (www.comunique-se.com.br), 23/05/03

“No final da tarde desta sexta-feira (23/05) foi anunciada a saída do jornalista Merval Pereira da direção de Jornalismo de Mídia Impressa e Rádio das Organizações Globo. A direção da casa enviou um e-mail para toda a redação com a notícia.

Merval contou a Comunique-se que vai assumir, a partir do dia 01/07, uma coluna diária de política no jornal O Globo. Além disso, a convite dos acionistas, ele continua membro do Conselho Editorial das Organizações. ?Estou muito satisfeito?, completou Merval.

Ainda segundo Merval, ninguém vai assumir o seu lugar.

Leia o e-mail na íntegra abaixo:

?DIRETORIA DE JORNALISMO MIRA

Merval Pereira deixa a Diretoria de Jornalismo de Mídia Impressa e Rádio das Organizações Globo em 31 de maio próximo, cargo que exerceu nos últimos anos.

Merval iniciou no jornalismo há 35 anos, sendo 30 anos dedicados ao Globo, onde começou como estagiário em 1968. No jornal, exerceu os mais diversos cargos: repórter, diretor da Sucursal de Brasília, editor de Política, diretor de Redação e diretor executivo do jornal.

Tendo prestado decisiva contribuição na consolidação do Jornal O Globo, da Rádio CBN e dos novos projetos editoriais das Organizações Globo, como os jornais Extra, Diário de S. Paulo e a revista Época, Merval sentiu a necessidade de se dedicar exclusivamente ao que mais gosta de fazer: escrever.

Atendendo a seu legítimo desejo, Merval estará assumindo, a partir de 1? de junho, uma coluna diária de Política no Jornal O Globo e permanecerá a convite dos acionistas como membro do Conselho Editorial das Organizações.

Ao Merval queremos agradecer toda a valiosa contribuição e a atitude ética e profissional demonstrada ao longo de sua brilhante carreira nas Organizações e desejar para ele muito sucesso e prazer nesta nova etapa de sua vida.

Gostaria também de aproveitar para agradecer e parabenizar a Helena Chagas, Chefe de Redação de Brasília que ocupou interinamente a coluna de Política nos últimos meses. Helena voltará a escrever nas segundas-feiras?.

Luiz Eduardo Vasconcelos

Diretor Geral de Mídia Impressa e Rádio

Organizações Globo”

“Merval Pereira assume coluna no GLOBO”, copyright O Globo, 24/05/03

“A partir do dia 1? de junho o jornalista Merval Pereira, que nos últimos anos exerceu o cargo de diretor de Jornalismo de Mídia Impressa e Rádio das Organizações Globo, assumirá a coluna de política da página 4, em substituição a Marcio Moreira Alves, que passa a escrever às quintas e aos domingos na página 7.

Tendo se iniciado no jornalismo há 35 anos, Merval completa este ano 30 anos no GLOBO, onde começou como estagiário em 1968, tornando-se imediatamente repórter. Sua trajetória foi sempre a de um jornalista com rígidos princípios éticos, amor ao furo e à notícia correta, transparência no trato com os colegas e preocupação em formar novos profissionais.

Exerceu os mais diversos cargos: diretor da sucursal de Brasília, editor de política, editor-chefe, diretor de Redação e diretor-executivo do jornal. Ao longo da carreira, recebeu um Prêmio Esso em 1979 com uma série de reportagens sobre a sucessão do presidente Ernesto Geisel, cujo governo cobriu como repórter credenciado no Palácio do Planalto em Brasília. Em 1991, ganhou uma bolsa de estudos da Knight Foundation para um curso de extensão em jornalismo na Universidade de Stanford, nos Estados Unidos, onde se especializou em política internacional. Nos últimos anos, com o lançamento dos jornais ?Extra? e ?Diário de S. Paulo? e da revista ?Época?, Merval tornou-se diretor de Jornalismo, com a missão de organizar a sinergia entre os diversos veículos e supervisionar, além do GLOBO e da rádio CBN, aquelas novas iniciativas, contribuindo para que todas tivessem o espírito que sempre norteou o grupo.

Com os novos projetos editoriais já consolidados, Merval sentiu a necessidade de se dedicar exclusivamente ao que mais gosta de fazer: escrever. Ao assumir as novas funções, na verdade Merval retorna às origens de seu trabalho, pois foi o titular da coluna Panorama Político, em 1981, e há cerca de um ano escreve regularmente aos domingos na página 7 artigos sobre os mais diversos temas, de política interna a externa, de economia a assuntos da cidade, ecletismo que pretende levar para a página 4.

Merval Pereira continuará a fazer parte do Conselho Editorial das Organizações Globo. A chefe da sucursal de Brasília, Helena Chagas, que com brilhantismo ocupou interinamente a coluna nos últimos meses, voltará a escrever às segundas-feiras.”

 

FOLHA COM ANABOLIZANTES

“Folha vai lançar 30 romances do séc. 20”, copyright Folha de S. Paulo, 25/05/03

“A Folha lança no próximo dia 8 o primeiro volume da ?Biblioteca Folha?, uma coleção em capa dura com 30 dos mais importantes romances do século 20.

O primeiro título da série, ?Lolita?, de Vladimir Nabokov, será entregue gratuitamente aos assinantes e aos leitores que comprarem a Folha naquele domingo.

A ?Biblioteca Folha? reúne marcos da literatura contemporânea como ?O Processo?, de Franz Kafka, ?No Caminho de Swann?, de Marcel Proust, e ?Morte em Veneza?, de Thomas Mann (leia abaixo a relação dos romances e as datas de lançamento).

A partir de 15 de junho, os demais volumes da ?Biblioteca Folha? podem ser adquiridos em bancas: basta comprar o jornal e desembolsar mais R$ 11,50.

Cada título permanece em banca até o domingo seguinte. O volume dois, por exemplo, será lançccedil;ado em 15 de junho e fica nas bancas até o dia 22. Após o dia do lançamento, cada livro continua custando R$ 11,50 mais o preço do jornal. Depois, eles poderão ser adquiridos pelo Serviço de Atendimento ou pelo site (veja abaixo os números e o endereço na internet). Nesse caso, cada volume custará R$ 15,00 mais o frete, cujo preço é variável por Estado.

Assinantes receberão com ?Lolita? uma oferta de compra da coleção completa. O pagamento pode ser feito por boleto, cartão de crédito ou débito em conta. O pagamento à vista ou em três vezes no cartão é a opção mais vantajosa: a ?Biblioteca Folha? custará R$ 276,00 e será acompanhada de um aparador de livros. Em comparação com o preço de banca, seria como se o assinante tivesse recebido gratuitamente seis livros.

A entrega aos assinantes será feita sempre em lotes -de cinco volumes no primeiro caso (?Lolita? já terá sido enviado) e seis nos seguintes. O primeiro lote será enviado até 12 de junho, e o último, até 27 de dezembro.

Assinantes também podem adquirir a ?Biblioteca Folha? lote a lote. O preço de cada lote será de R$ 57,50. Em comparação com o valor pago em banca (R$ 11,50), em cada lote o assinante receberá o equivalente a um livro grátis.

O preço da coleção é único para assinantes de todo o Brasil, com frete gratuito para São Paulo, Rio, Minas e Paraná. Para saber o o frete em outros Estados, basta consultar o Serviço de Atendimento ou o site da coleção. Leia mais informações no site www.bibliotecafolha.com.br”

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem