Domingo, 18 de Fevereiro de 2018
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº974

PRIMEIRAS EDIçõES > THE WASHINGTON POST

Reclamações sortidas

Por lgarcia em 29/07/2003 na edição 235

THE WASHINGTON POST

Em coluna de 20/7, o ombudsman do Washington Post Michael Getler comenta que recebera, na semana antecedente, reclamações bem variadas dos leitores. Alguns se queixaram de um editorial no qual se afirmou que o presidente americano havia dito em discurso que a inteligência britânica "acreditava" que Saddam Hussein havia tentado comprar urânio na África. Mensagens chamaram atenção para o fato de, na verdade, George W. Bush dizer que os ingleses "haviam descoberto" a suposta tentativa de compra de material radioativo. "O Post pode manter e defender suas posições editoriais. Mas não pode trocar palavras e falsificar os fatos na defesa de suas posições", criticou um leitor.

A página infantil do jornal foi alvo de queixas porque, no domingo, saiu impressa no verso de uma página de classificados "pessoais", em que os anunciantes se colocam à disposição para encontros. Alguns pais não se sentiram à vontade com a idéia de verem seus filhos mais crescidos manuseando esta folha.

O humorista Gene Weingarten, que escreve a coluna "Below The Beltway", foi citado em reclamações pelo texto em que fala do sítio de leilões eBay. Ao elogiar a variedade de produtos disponíveis neste "mercado de pulgas virtual", Weingarten menciona que viu um "relógio que peida as horas" à venda por apenas US$ 12. Para um leitor, referência desse tipo "tem lugar numa revista de humor universitária, não num dos jornais líderes do mundo."

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem