Segunda-feira, 21 de Maio de 2018
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº987
Menu

PRIMEIRAS EDIçõES > AOL TIME WARNER

Recursos avançados liberados para o AIM

Por lgarcia em 22/07/2003 na edição 234

AOL TIME WARNER

A Comissão Federal de Comunicações americana (FCC, sigla em inglês) pode suspender a proibição imposta à AOL Time Warner de incluir, em alguns mercados, recursos avançados (como videoconferência) em seu programa de mensagens instantâneas para internet ? o AOL Instant Messenger.

A restrição havia sido adotada com a controversa fusão da America Online com a Time Warner, em 2001. O relatório da FCC que recomenda a liberação tem o apoio do presidente da comissão, Michael Powell. Ele acredita que se trata de regulamentação excessiva para uma área tecnológica nascente.

Até agora, a AOL só poderia generalizar recursos avançados de seu Messenger para todos os mercados se tornasse o programa compatível com os concorrentes, como o ICQ. A empresa alega motivos de segurança e tecnologia para não fazer isso, mas críticos afirmam que, na verdade, ela quer manter seu domínio sobre o ramo. Em 1999, segundo a empresa de medição de audiência de internet Media Metrix, quase 100% do mercado de "instant messaging" eram da AOL. Agora, com mais de 50 milhões de usuários, ela detém 59%, contra 22% da MSN e 19% do Yahoo! Segundo Edmund Sanders, do Los Angeles Times [16/7/03], a redução de sua participação foi argumento para que pedisse o fim da proibição da FCC, em abril.

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem