Segunda-feira, 21 de Maio de 2018
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº987
Menu

PRIMEIRAS EDIçõES > MEDICINA GENÉTICA

Só Veja deu, dois anos depois

Por lgarcia em 23/10/2002 na edição 195

MEDICINA GENÉTICA

Victor Gentilli

A imprensa capixaba vem noticiando o caso há pelo menos dois anos. Mas da mídia nacional só Veja (edição 1.774, de 23/10/02, págs. 64-66) viu que o caso de uma família com uma doença genética que causa cegueira em boa parte dos descendentes homens com mais de dez anos de idade e menos de vinte pode ser um exemplo de dedicação ao mundo. Em junho de 2001, uma bancária descobre que o filho está praticamente cego. Lembra-se imediatamente do velório da avó, quando vários parentes olhavam para o infinito, cegos.

A batalha da mãe mobilizou os maiores especialistas do mundo em neuropatia óptica hereditária de Lehrer, também conhecida como NOHL. Os cientistas encontraram pela primeira vez uma família com 29 membros portadores da doença. O caso vem sendo tratado há pelo dois anos, com boa cobertura da imprensa capixaba. Mas foram necessários os mesmos dois anos para que uma revista semanal de informação enxergasse ali uma pauta excepcional.

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem