Domingo, 17 de Fevereiro de 2019
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº1024
Menu

PRIMEIRAS EDIçõES >

Sempre com novidades

Por lgarcia em 14/08/2002 na edição 185

ESTÁCIO DE SÁ

Victor Gentilli

Em anúncios nos jornais do Rio de Janeiro, a Universidade Estácio de Sá anunciou uma série de palestras com profissionais de comunicação. Palestras são ótimas, mas não substituem aulas. Aulas são atividades de diálogo, reflexão, troca de opiniões e idéias, sistematização de conhecimentos e aprendizado do aprender.

Palestras são monólogos em que os palestrantes, embora profissionais, portam-se como celebridades. O estudante é apresentado ao profissional bem-sucedido numa relação de admiração e subserviência. Nada mais antididático e antipedagógico do que celebrar um profissional.

No Estado de S. Paulo de sábado (10/8), a coordenadora de Extensão da Estácio de Sá anunciou a abertura de cursos de madrugada, entre 23h e 1h30 da manhã. Na verdade, este é o anúncio de um fracasso. A Estácio tentou montar cursos regulares neste horário, mas o MEC vetou.

A saída escolhida parece oriunda de um assessor de marketing. Quem sabe a coordenadora de Extensão não é isso mesmo.

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem