Domingo, 16 de Junho de 2019
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº1041
Menu

PRIMEIRAS EDIçõES >

Sônia Apolinário

Por lgarcia em 19/09/2001 na edição 139

PRESENÇA DE ANITA

"Globo perde audiência após ?Anita?", copyright O Estado de S. Paulo, 13/09/01

"Com o término da minissérie Presença de Anita, a audiência do segundo horário da linha de shows da Globo voltou ao antigo patamar, mais baixa. Dos programas que voltaram ao ar, somente o episódio de Brava Gente fez a Globo perder a liderança do horário.

Na terça-feira da semana passada, o episódio Proezas do Finado Zacarias, com Felipe Camargo (foto) obteve média de 19 pontos contra 21 do SBT.

Na quinta-feira, A Grande Família alcançou média de audiência de 25 pontos contra 16 do SBT. No dia seguinte, Os Normais venceu por 22 pontos contra 18, também do SBT. A minissérie Presença de Anita teve audiência média entre 29 e 31 pontos. Os números são da Grande São Paulo,onde cada ponto corresponde a 46 mil domicílios.

Os quatro últimos episódios do Brava Gente exibidos antes da estréia da minissérie renderam média de até 29 pontos. Normalmente, a média costumava ser 19 pontos. O coordenador do programa, Roberto Farias, se disse satisfeito com o resultado do primeiro episódio. ?Depois de uma minissérie que teve grande repercussão é normal que as pessoas tenham se desacostumado do Brava Gente?, afirmou. ?Temos de novamente encontrar nosso vôo de cruzeiro?.

Segundo ele, nenhuma alteração foi feita no cronograma dos episódios.

?Vamos continuar a diversificar os estilos. Isso é bom porque permite fazer experiências.?"

?SHOPGLOBO?

"Globo lança programa de vendas", copyright O Estado de S. Paulo, 12/09/01

"A estratégia de televendas da Globo ganha mais um reforço na semana que vem. Em parceria com o canal de vendas Shoptime, a emissora dos Marinhos lança, na próxima segunda-feira, o programa Globo Shop.

A atração, que será uma espécie de shopping na TV de produtos Globo, terá meia hora de duração e será exibida semanalmente às 18h30 no Shoptime. Apresentado por Viviane Romanelli, o Globo Shop terá como forte a participação do elenco da emissora como garotos-propaganda dos produtos vendidos.

Em geral, os produtos comercializados estão relacionados à programação da emissora. São objetos que podem ser vistos nos cenários das novelas da Globo – o jogo de copos do bingo de Manolo (Tony Ramos em As Filhas da Mãe) custa R$ 40,00 -, nos figurinos dos personagens, ou até produtos especialmente criados para a venda.

É o caso da turma do Casseta & Planeta, que lançarão no Globo Shop mochilas, camisetas e outros produtos da marca. Antes do Globo Shop os produtos da emissora tinham no máximo 10 minutos semanais de espaço no Shoptime.

A parceria entre os dois canais começou no ano passado, com a comercialização de objetos presentes no cenário da novela Laços de Família.

Logo em seguida, o Shoptime passou a anunciar produtos da novela Estrela Guia, entre eles, jóias usadas por Sandy. A aposta agora é a novela As Filhas da Mãe e, em seguida, a nova novela das 8, O Clone."

INTERNET EM CRISE

"iG demite 23 em meio a boatos sobre Nizan", copyright Cidade Biz (www.cidadebiz.com.br), 17/09/01

"O número é oficial: 23 cortes no iG nesta quinta, ou quse 10% de todo o efetivo. A ironia é que o anúncio dos cortes se deu no mesmo dia em que o portal promoveu uma campanha pela doação de sangue entre os seus funcionários.

E podem ser mais. Uma fonte interna, que preferiu não se identificar, fala em cerca de 40 demissões, e afirma que os cortes ocorreram especialmente na área de marketing e no comercial. O iG nega.

A porta-voz da empresa garantiu a CidadeBiz que novos cortes não devem ocorrer. As demissões desta quinta, assegurou, foram as últimas de um processo de reestruturação que começou em março, quando 30% dos funcionários do iG ganharam a rua.

A notícias de mais demissões precipitou um clima de incerteza no portal, pois veio junto com a notícia de Nizan Guanaes, presidente da empresa, estaria de saída, segundo nota publicada nesta quinta na coluna da jornalista Mônica Bergamo, do jornal Folha de S. Paulo.

Nizan desmentiu a jornalista. Por meio de um curto e-mail enviado para toda a empresa lembrou que é acionista do portal e desmentiu de que iria trabalhar em alguma campanha presidencial para a eleição de 2002. ?Não faz sentido um homem de comunicação se envolver em política?, justificou.

E homem de comunicação Nizan é cada vez mais. O publicitário planeja, atualmente, sua estréia numa poderosa mídia de massa, a televisão."

    
    
                     
Mande-nos seu comentário

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem