Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº970

PRIMEIRAS EDIçõES > TELETIPO

Tarde para fazer as pazes

Por lgarcia em 06/06/2001 na edição 124

TELETIPO

Para E. R. Shipp [The New York Daily News, 27/5/01], por mais de um ano o prefeito de Nova York Rudolph Giuliani tem atraído a mídia local, a maior dos EUA, para seu caso extraconjugal com Judith Nathan. Mesmo alardeando seu relacionamento, o prefeito pediu, depois de uma reportagem de capa escandalosa da revista People, que a mídia recuasse em sua perseguição cruel. Percebe-se que é tarde demais não apenas porque o assunto virou capa da People, mas também porque virou piada de bar em fim de noite. O prefeito, que repreende e acolhe a imprensa quando lhe convém, nada mais é que um expert em mídia. Sabe exatamente quando atrair os holofotes e quando a eles se retrair de acordo com a ocasião, de acordo com Shipp.

No dia 30 de maio, Tom Goldstein, reitor da prestigiada Escola de Jornalismo da Universidade de Colúmbia, nos EUA, abriu espaço para suspeitas de que pode deixar o cargo ao anunciar planos que poderiam durar até o ano que vem. Disse à faculdade que teria uma "presença física reduzida em Nova York" durante o próximo semestre. Goldstein disse a Paul D. Colford [New York Daily News, 31/5/01] que sua declaração está de acordo com a promessa de permanecer quatro anos acadêmicos no cargo, uma vez que foi admitido em 1997. Antes de Colúmbia, Goldstein foi reitor da Faculdade de Jornalismo da Universidade da Califórnia em Berkeley. Um dos indicados para a sucessão é Jay Harris, que se demitiu do cargo de presidente e publisher do San Jose Mercury News em março e já deu aulas na Escola de Jornalismo de Medill.

A emissora americana CNN disse no dia 30 de maio que irá convidar Aaron Brown, âncora veterano da ABC, para seu novo telejornal de horário nobre no semestre que vem. Segundo o executivo da CNN Sid Bedingfield, o noticiário não será uma mera recitação das notícias do dia. "Iremos além de reportagens profundas e atraentes. Queremos noticiar o que não foi noticiado em nenhuma outra emissora", disse. De acordo com Lynn Elber [The Associated Press, 30/5/01], atualmente a CNN dedica as primeiras horas noturnas para programas como Inside Politics e Moneyline. Brown era âncora do World News Tonight, que passa aos sábados na ABC. A CNN vem atravessando uma crise há tempos, com perdas substanciais de telespectadores para outras emissoras como Fox e MSNBC.

    
    
                     

Mande-nos seu comentário

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem