Quarta-feira, 17 de Julho de 2019
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº1046
Menu

PRIMEIRAS EDIçõES >

TV pública é o canal (*)

Por lgarcia em 20/11/1999 na edição 79


 

Gostaria de salientar ao senhor Jorge da Cunha Lima que o dinheiro do contribuinte não é jogado fora quando a TV Cultura mantém programas "que ninguém vê", e sim quando este contribuinte patrocina campanhas publicitárias políticas, a compra das bombas que são as usinas de Angra I, II, III, empurradas ao Brasil, ou quando sustenta em pé o falido Banco do Brasil, ou quando subsidia o real às custas das privatizações, ou quando financia através do BNDES as relações de compra e venda de bancos quebrados. Em exemplos como estes que o dinheiro publico é desperdiçado.

Tenho consciência também de que não é obrigação da TV educar as pessoas – mas a TV por razões éticas, e por saber do seu papel influenciador sobre a formação dos indivíduos deveria se preocupar um pouco em fazer programas que ajudassem no processo de conscientização e educação popular –, e sim da escola pública, e se há falta de audiência na TV Cultura é porque falta educação pública séria no país.

Fábio Guimarães Campos

 

LEIA TAMBEM

Ofensiva contra a rede pública de TV

A TV que queremos

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem