Quinta-feira, 23 de Novembro de 2017
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº967

PRIMEIRAS EDIçõES > ARTIGO 222

Zip Net

Por lgarcia em 28/02/2001 na edição 110

ARTIGO 222

"Zip.Net e UOL consolidam operações", copyright Zip Net (www.zipnet.com.br), 22/02/01

"O grupo Portugal Telecom e a Folhapar S/A, controladora da UOL Inc. S/A, firmaram memorando de entendimentos para consolidar seus ativos na área de Internet no Brasil. Pelo acordo, o UOL receberá aporte de recursos de US$ 200 milhões.

A Portugal Telecom vai contribuir com US$ 100 milhões em dinheiro para o capital social da Zip.Net, passando a deter participação de 17,937% no capital total do UOL. A Folhapar vai aportar US$ 100 milhões em dinheiro, passando a ter 40,425% do capital total da empresa.

‘A Zip.Net evoluiu significativamente em termos de audiência e performance financeira graças ao bom desempenho de sua equipe’, disse Zeinal Bava, CEO da PT-Multimedia.com, empresa que reúne os interesses do grupo português na Internet. ‘A parceria com o UOL fortalecerá ainda mais a estratégia da PT-Multimedia.com no mercado de Internet em língua portuguesa e criará valor aos acionistas antecipando a sua rentabilidade financeira. O UOL e a Zip.Net estão agora numa posição de número 1 ainda mais inabalável no Brasil’.

A conclusão da operação depende da celebração dos documentos definitivos e das aprovações societárias e regulatórias em cada uma das empresas envolvidas."

"UOL agrega Zip e capta US$ 200 milhões", copyright UOL (www.uol.com.br), 22/02/01

"A Folhapar S/A, acionista controlador de UOL Inc. S/A, e o grupo Portugal Telecom firmaram nesta data memorando de entendimentos visando a consolidação de seus ativos de Internet no Brasil através da incorporação da Zip.Net pelo UOL. O acordo prevê ainda a capitalização do UOL mediante aporte de recursos num valor total de US$ 200 milhões em dinheiro.

Nesta operação, o grupo Portugal Telecom estará contribuindo com a totalidade do capital social da Zip.Net mais US$ 100 milhões em dinheiro, passando a deter uma participação de 17,937% no capital total do UOL. Folhapar, por sua vez, estará aportando US$ 100 milhões em dinheiro, passando a deter 40,425% do capital total da empresa.

Com este movimento o UOL dá mais um passo no sentido de fortalecer ainda mais sua liderança no mercado de Internet. Luís Frias, Chairman e CEO do Grupo Folha e do UOL afirma: ‘A união de esforços com um sócio estratégico compromissado com o mercado brasileiro, como o grupo Portugal Telecom, e o fortalecimento de nossa posição financeira, nos dá condições imbatíveis para continuar a exercer a liderança absoluta de mercado. Líder (UOL Brasil) e vice-líder (BOL) na Internet brasileira, o grupo UOL incorpora agora o número 4 do ranking (Zip.Net), configurando posicionamento estratégico sem precedentes em qualquer mercado do mundo.’

‘Zip.Net evoluiu significativamente em termos de audiência e performance financeira graças ao bom desempenho de sua equipe’, afirma Zeinal Bava, CEO da PT-Multimedia.com, empresa que reúne os interesses do grupo português na Internet. ‘A parceria com UOL fortalecerá ainda mais a estratégia de PT-Multimedia.com no mercado de Internet em língua portuguesa e criará valor aos acionistas antecipando a sua rentabilidade financeira. O UOL com a Zip.Net está agora numa posição de número 1 ainda mais inabalável no Brasil’.

Além da consolidação das operações da Zip.Net, o presente acordo traz para o UOL conquistas estratégicas na área de Internet móvel, tendo em vista as operações de telefonia celular detidas pelo grupo Portugal Telecom no país, as quais contam com mais de 4,7 milhões de clientes.

A conclusão da presente operação está sujeita à celebração dos documentos definitivos e devidas aprovações societárias e regulatórias."

"Internet Portugal Telecom e Folha fazem aporte de US$ 200 milhões", copyright Valor Econômico, 23/02/01

"O Universo Online (UOL) deu ontem seu passo estratégico mais importante desde que os grupos Abril e Folha resolveram unir seus serviços de internet, em 1996. A empresa assinou um acordo com a operadora de telefonia Portugal Telecom para fundir suas operações de internet no Brasil.

O UOL Inc., a holding do provedor, vai emitir novas ações que serão absorvidas pelos portugueses e pela Folhapar, que representa o grupo Folha. Por 17,9% das ações com direito a voto e uma participação de também 17% no capital total, a Portugal Telecom vai pagar US$ 100 milhões em dinheiro e entregar ao UOL Inc. 100% das ações de seu portal Zip.Net.

Para não ver seu controle excessivamente diluído, o grupo Folha também garantiu um aporte de US$ 100 milhões. ‘Fomos ao mercado para fazer esse novo investimento’, explicou Luís Frias, presidente da companhia.

Com isso, o UOL receberá em dinheiro vivo US$ 200 milhões e ainda terá poder para conduzir os negócios do portal. O mais importante, porém, é que, ao fechar o acordo, o provedor definiu um novo sócio estratégico e ganhou armas semelhantes a de seus principais concorrentes.

O UOL agora tem um sócio na área de telefonia, como ocorre com o Terra e a Globo.com. Vários analistas apontam há bastante tempo a falta de um parceiro operador como uma das fragilidades da empresa, especialmente à medida que aumenta a importância da internet via celular.

Outro ponto relevante é que o novo sócio tem grande capacidade financeira e acesso aos mercados de capitais nos Estados Unidos e na Europa, já que as ações da PT Multimedia – braço de internet da Portugal Telecom – são negociadas nas duas regiões.

Com o dinheiro novo, o UOL, que de janeiro a setembro de 2000 teve prejuízo de R$ 236,71, ganha tranqüilidade financeira e não precisa mais lançar ações a toque de caixa, como previam analistas.

Central também é o fato de que os portugueses têm enorme interesse na internet brasileira. ‘Definimos que o Brasil é estratégico desde que compramos o Zip.Net, há exatamente um ano’, afirma Zeinal Bava, presidente da PT Multimedia. ‘E continuamos a acreditar nisso’, completa ele.

O anúncio de ontem pegou grande parte do mercado de calças curtas. A maioria dos analistas não imaginava que a negociação estivesse em andamento, mas avaliou que ela representa um ótimo negócio para o UOL e uma aposta interessante para a Portugal Telecom.

Um dos motivos da surpresa é que se esperava um acordo entre os portugueses e os espanhóis do provedor Terra, união que, segundo fontes próximas das negociações, estavam de fato ocorrendo. O Universo Online, porém, foi mais rápido. Enquanto a fusão entre as áreas de internet da Telefônica e da Portugal Telecom é discutida há meses na Europa, em poucas semanas o UOL conseguiu apresentar um acordo atraente o suficiente para seduzir os portugueses.

Sobram no ar algumas questões. A mais imediata é se os atuais sócios do UOL, o grupo Abril e vários investidores internacionais liderados pelo banco Morgan Stanley, vão acompanhar o aumento de capital ou vão permitir a diluição de suas participações. ‘Adoraríamos que eles investissem, mas ainda vamos discutir isso’, diz Ricardo Florence, diretor de Relações com o Mercado do UOL Inc. Outra dúvida é em que medida o novo negócio vai afetar o recém-fechado acordo entre Telefônica e Portugal Telefônica na área de celulares.

Em seu anúncio à imprensa, o UOL não toca nessas questões e usa a expressão ‘imbatível’ para definir a união."

Volta ao índice

Imprensa em Questão – próximo texto

Imprensa em Questão – texto anterior

Mande-nos seu comentário

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem