Sábado, 15 de Dezembro de 2018
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº1017
Menu

Programa nº

>>Os novos heróis da imprensa
>>História esquecida

Por Luciano Martins Costa em 21/01/2008 | comentários

Ouça aqui

Download

Os novos heróis da imprensa

A imprensa brasileira acaba de descobrir o capitalismo.

Depois dos jornais diários, que abriram o ano celebrando o surgimento de novos milionários na onda de crescimento econômico que ocorre no Brasil, também as revistas semanais embarcaram no otimismo que embala o noticiário.

Na edição desta semana, Veja traz como capa o tema ‘Supereconomia’.

Internamente a reportagem é composta por uma coleção de casos de empreendedores bem-sucedidos e suas receitas de sucesso.

‘Os heróis do capitalismo’, é o título da reportagem.

Segundo a revista, o Brasil produz 164 novos milionários por dia, ou seja, diariamente 164 brasileiros alcançam um patrimônio em aplicações financeiras de um milhão de dólares ou mais.

São 60 mil novos milionários só em 2007, diz a revista.

Claro que há milionários de todos os tipos nessa estatística.

Inclusive o novo senador pelo Partido Democratas do Maranhão, Edison Lobão Filho, que se tornou notório com a recente nomeação do Lobão pai para o Ministério das Minas e Energia.

O filho do novo ministro também é, à sua maneira, um empreendedor.

Aproveita o bom momento da economia e as oportunidades que lhe dá o parentesco com o poder para consolidar seu patrimônio financeiro.

Lobão Filho também tem seu milhão de dólares, mas não aparece nas listas que celebram os novos milionários.

Ele está em outra seção, a dos escândalos políticos.

A imprensa apresenta um retrato incompleto do momento político e econômico do Brasil quando celebra o surgimento de pencas de milionários mas esconde aqueles que enriquecem à porta do tesouro público.

Talvez os novos ricos da política também merecessem uma capa de Veja.

Eles são outros frutos da mesma árvore que produz heróis do capitalismo.

Outros que dificilmente ganham manchetes são aqueles que se encontram no extremo oposto da pirâmide de renda.
Na chamada base da pirâmide, milhões de brasileiros se agarram a programas sociais para alcançar o primeiro degrau da sociedade capitalista.
Também são heróis do capitalismo, à sua maneira.
Quem sabe, ainda viveremos para ler uma reportagem de capa sobre ex-miseráveis, ou os novos-pobres.
Talvez, até, com direito à manchete: ‘Os heróis da nova pobreza’.

História esquecida

Cuba foi tema de capa da revista Época desta semana e dos principais jornais de domingo.
Mas só a Folha de S.Paulo saiu da rotina e foi atrás de uma história que a imprensa brasileira havia esquecido.

Alberto Dines:

– Fidel Castro e Cuba dominaram os jornalões de domingo. Como os grandes veículos estavam representados na comitiva do Presidente Lula a Havana na semana passada e como ontem era dia da renovação da Assembléia Nacional cubana, alguns profissionais,  além de cobrir o encontro de presidentes aproveitaram a viagem – que  não é barata – para cobrir o outro fato. Mas quem deu um show de competência jornalística foi a Folha de S. Paulo, com a reportagem de Letícia Sander sobre os dois boxeadores repatriados para Cuba durante os Jogos Pan Americanos no Rio, em Julho passado. A repórter localizou os pugilistas, entrevistou-os e produziu um texto sóbrio, pungente, arrasador sobre o terrível castigo imposto aos dois quase-desertores: não fazem nada o dia inteiro. Não podem treinar, não podem lutar, só podem fazer exercícios na rua para não ganhar peso. O estranho repatriamento dos pugilistas num avião venezuelano e a promessa de que não sofreriam represálias deixou o governo brasileiro muito mal na ocasião. Agora, diante da dolorosa revelação da Folha, o governo Lula fica ainda em pior situação, é cúmplice deste novo gulag imposto a dois jovens atletas impedidos de exercer o direito de escolher onde e como querem viver.

Todos os comentários

Programas Anteriores

1 2 3 4 5 última

1 de 2625 programas exibidos

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem