Domingo, 18 de Agosto de 2019
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº1050
Menu

Programa nº

>>O partido do desmatamento
>>Sinal dos tempos

Por Luciano Martins Costa em 22/04/2009 | comentários

Ouça aqui

Download

O partido do desmatamento

Os três jornais brasileiros considerados de maior influência abordam nesta quarta-feira o tema da preservação ambiental, mas nenhum deles trata a questão entre as prioridades.

O grande destaque ainda é para os abusos de deputados e senadores no uso de suas verbas para gastos pessoais, e especialmente na generosidade com que distribuem passagens aéreas entre parentes e amigos.

Por trás da agenda assumida pela imprensa, estende-se a disputa partidária, que tem como objeto final a eleição presidencial de 2010.

Por esse motivo, é importante registrar a informação publicada hoje no alto da coluna Panorama Político, do Globo, sob o título “Terra arrasada”.

Ali está registrado o que os outros jornais tentam dissimular: os inimigos da preservação ambiental estão espalhados por todos os partidos, mas um deles, o Democratas, parece ter assumido como objetivo a destruição da legislação ambiental criada no Brasil nos últimos anos e que, com todos os defeitos, ainda é considerada um avanço.

O Globo observa que, enquanto o site do partido apregoa que tem como bandeira o meio ambiente, a senadora Kátia Abreu, do Democratas do Tocantins e presidente da Confederação Nacional da Agricultura, tenta derrubar a legislação de proteção ao patrimônio natural.

Segundo o jornal, ‘os adversários da legislação ambiental encontraram uma forma para torná-la letra morta’. A Confederação Nacional da Agricultura, defendendo a tese de que tanto a União como os Estados podem legislar sobre o assunto, está usando seu poder para incentivar governos estaduais e assembléias legislativas a produzir regras menos rigorosas de controle do desmatamento e uso das margens dos rios.

O modelo da CNA, encampado pelo Partido Democratas, é a legislação de Santa Catarina, Estado campeão de destruição da Mata Atlântica, onde um novo código florestal, conflitante com as normas federais, está sendo contestado pelo Ministério Público.

Os outros jornais também noticiam a controvérsia, mas apenas o Globo esclarece que por trás da tentativa de anular as regras para preservação ambiental está a presidente da Confederação Nacional da Agricultura e, por trás dela, o Partido Democratas.

A agremiação deveria mudar de nome e manter a mesma sigla: Partido do Desmatamento.

Sinal dos tempos

Enquanto os jornais tradicionais, com raras e esporádicas exceções, escapa da discussão aberta sobre a verdadeira agenda política que está por trás do noticiário, uma iniciativa de jornalistas na internet traz boas surpresas para os leitores.

Luiz Egypto, editor do Observatório da Imprensa:

– Há vários dias as manchetes dos jornais têm batido na tecla dos escândalos que desabrocham no Congresso Nacional. É certo que, num primeiro momento, em fevereiro, na esteira da eleição de José Sarney e Michel Temer para as presidências do Senado e da Câmara, muitas notícias foram entregues de bandeja à imprensa, dentro da manjada prática do jornalismo de vazamentos. Interesses contrariados explicam esse comportamento, que acabou levando à desgraça o então diretor geral do Senado, Agaciel Maia. Daí por diante foi uma bola de neve e as maracutaias espocaram aos borbotões.

Passado o primeiro tsunami, a boa novidade jornalística foi o trabalho de formiguinha produzido pelo site Congresso em Foco, com base em Brasília e especializado na cobertura do Poder Legislativo. Pela primeira vez, as editorias de Política dos grandes jornais diários e das emissoras de rádio e TV têm sido sistematicamente “furadas”, como se diz no jargão, pela atuação de um pequeno grupo de jornalistas que há cinco anos decidiu apostar um projeto inteligente de jornalismo online.

Embora dedicado a uma pauta única – o Congresso Nacional –, o pulo do gato do Congresso em Foco foi aplicar ao jornalismo na web os mesmos fundamentos do melhor jornalismo em papel: eleição criteriosa das fontes de informação, rigorosa apuração primária das matérias, ceticismo responsável, verificação de dados e… bom texto. Finalmente um site jornalístico que atropela os jornais tradicionais na cobertura de um dos poderes da República. Mais um sinal dos tempos.

Todos os comentários

Programas Anteriores

1 2 3 4 5 última

1 de 2625 programas exibidos

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem