Sexta-feira, 14 de Dezembro de 2018
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº1017
Menu

Programa nº

>>Os quatro governadores
>>Cicarelli empalidecerá

Por Mauro Malin em 10/01/2007 | comentários

Ouça aqui

Download

Os quatro governadores


A iniciativa dos quatro governadores do Sudeste é inédita e positiva. Algumas propostas para a área de segurança são certeiras, como reforçar a Polícia Rodoviária Federal. Outras, ilusórias, como usar Forças Armadas para combater contrabando. Mas todo esse ímpeto, que contrasta na mídia com as férias presidenciais, terá que vencer a barreira do corporativismo dos organismos policiais e judiciários.


Cicarelli empalidecerá


Alberto Dines diz que a censura ao vídeo Cicarelli foi uma decisão inconstitucional, irrealista e hipócrita.


Dines:


– Decisão judicial discute-se na esfera judicial, mas nada nos impede, enquanto sociedade livre e democrática, de contestar a primeira sentença do juiz Ênio Zuliani que obrigou os provedores da internet a bloquear o site You Tube e assim evitar a divulgação do vídeo erótico protagonizado pela senhora Daniela Cicarelli. A decisão do meritíssimo não foi apenas “desproporcional” como a classificou a organização internacional Repórteres Sem Fronteiras. A decisão foi inconstitucional porque fere a supremacia do direito à liberdade de expressão sobre qualquer outro direito. A decisão foi irrealista porque ignorava a impossibilidade de censurar eficazmente a Internet. A decisão foi hipócrita porque a senhora Cicarelli & acompanhante praticavam voluntariamente num espaço público aquilo que normalmente faz-se na esfera privada. A exibição daquele vídeo precário na telinha da Internet é tão chocante quanto a exibição de certas cenas de telenovelas no telão da TV aberta antes das oito da noite. A foto colorida do cadáver de Saddam Hussein com o pescoço quebrado estampada ontem em grandes jornais, inclusive brasileiros, agride muito mais. Os leitores masoquistas pararam para olhar, os leitores sensíveis viraram a página. Não ocorreria a ninguém impedir a circulação daquele horror. A Internet será controlada por ela própria e não por magistrados ingênuos e imaturos já que a cada dia são criados cem mil blogs em todo o mundo. A quantidade e a liberdade vão regular a Internet tal como aconteceu com outros meios de comunicação no passado. Breve a senhora Cicarelli descobrirá que pode pintar e bordar nas praias espanholas porque há outras Cicarelli dispostas a encenar audácias muito maiores.



Amor dengoso


O melhor de todo esse episódio foi o vídeo da campanha do governo gaúcho para combate à dengue. Publicidade institucional, acima de tudo, engraçada.


Fórum de TVs Públicas


O editor do Observatório da Imprensa Online, Luiz Egypto, fala da convocação do I Fórum Nacional de TVs Públicas.


Egypto:


– Está previsto para fevereiro a realização do I Fórum Nacional de TVs Públicas, iniciativa da Secretaria do Audiovisual do Ministério da Cultura, da Casa Civil da presidência da República e entidades da sociedade civil ligadas à televisão. O objetivo do encontro é debater o papel da TV pública na comunicação social contemporânea.


Na fase preparatória, os organizadores produziram um diagnóstico do setor, publicado num “Caderno de Debates” disponível no site do Ministério da Cultura (ver a íntegra aqui, em formato PDF), e grupos temáticos agora trabalham nas teses que serão levadas ao Fórum.


Esta é uma discussão muito bem-vinda. Num país com as dimensões e características culturais do Brasil é inconcebível a inexistência de um sistema público de TV digno deste nome, como alternativa às emissoras comerciais. É um debate urgente, e o Fórum do mês que vem estará com faca e o queijo nas mãos.


Chávez desenfreado


O anúncio feito pelo presidente Hugo Chávez de que vai fechar uma rede de televisão na Venezuela aponta um caminho conhecido. Não é o da democracia. E a mídia venezuelana tem boa parcela de responsabilidade nisso.


Cuba cautelosa


É curioso que o Granma, jornal oficial do governo de Cuba, não tenha dado com grande destaque a posse de Chávez. O presidente da Venezuela procura se afirmar como líder socialista na América Latina exatamente quando termina a era de Fidel Castro. Hoje, a manchete do Granma é dedicada à volta de Daniel Ortega à presidência da Nicarágua. E o Wall Street Journal fala sobre a tentativa do governo cubano de injetar medidas de mercado na economia do país. Editoriais nos três principais jornais brasileiros criticam Chávez e sugerem, direta ou indiretamente, que o governo brasileiro tome suas distâncias do líder venezuelano.

Todos os comentários

Programas Anteriores

1 2 3 4 5 última

1 de 2625 programas exibidos

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem