Sexta-feira, 22 de Junho de 2018
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº992
Menu

SAíDAS PARA A MíDIA > FOLHA & PORTUGAL TELECOM

Tudo em casa

Por Luiz Egypto em 11/01/2005 na edição 311

No mundo veloz dos negócios, a participação da Portugal Telecom no controle da nova empresa de capital aberto que juntará as operações da Folha de S.Paulo e do provedor UOL [veja remissão abaixo] aparenta mais uma ação entre amigos que um arrojado movimento corporativo. Os parceiros já se conhecem há anos, e há muito mantêm estreitas relações negociais.


A Portugal Telecom aportou no Brasil durante o processo de privatização das empresas de telefonia. Sua primeira grande tacada foi conquistar o controle da Telesp Celular. Seus contatos com o Grupo Folha tiveram início no auge da febre dos negócios de internet, antes que a bolha estourasse. E a história desse longo casamento pode ser assim resumida:


** Em 1996, Marcos de Moraes (filho então rei da soja Olacyr de Moraes) criou o serviço de correio eletrônico gratuito ZipMail – que, mais tarde, desdobrou-se no portal Zip.Net.


** Também em 1996, o Grupo Abril (Brasil Online) e o Grupo Folha (Universo Online) decidiram fundir suas operações de provimento de conteúdo e de acesso de internet sob um único guarda-chuva – o UOL.


** Em 1999, a Portugal Telecom Multimedia, braço multimídia da Portugal Telecom, comprou o Zip.Net por 365 milhões de dólares. A cifra hoje parece absurda, mas passou à história como o primeiro grande negócio da internet brasileira. [Em maio de 2000, a Telecom Italia pagaria 810 milhões de dólares por 30% da Globo.com…]


** Ainda na euforia dos planos de negócios bem mais virtuais do que reais, o Grupo Abril criou o portal Idealyze com o objetivo de funcionar como uma incubadora de conteúdo dos sites do grupo. Em 2000, a Portugal Telecom aportou 15 milhões de dólares no negócio e ficou com 33% do portal.


** No final de 2000, no bojo de uma reestruturação corporativa, o Grupo Abril decidiu incorporar o Idealyze à empresa de internet Abril.com. Para pagar a parte do sócio Portugal Telecom, a Abril, que detinha 35% do UOL, cedeu ao grupo português 25% de sua participação na sociedade com a Folha. Começa aí a relação visível da Portugal Telecom com o provedor de acesso e conteúdo do Grupo Folha.


** Em 22 de fevereiro de 2001, a Portugal Telecom e o Grupo Folha anunciaram a fusão dos portais Zip.Net e Universo Online (UOL). Com mais esse movimento, a PT passou a controlar 27% do UOL.


** Informações apuradas pela repórter Elvira Lobato (publicadas na Folha de S.Paulo, 23/2/2001) dão uma idéia precisa, já àquela época, do tamanho do apetite da empresa portuguesa:


‘(…) Em junho [de 2000], a Portugal Telecom comprou, por US$ 31 milhões, 50% do portal de informações econômicas da Gazeta Mercantil, o Invest News. No mês seguinte, comprou 31,5% do Banco1Net, ficando sócio do Unibanco. O negócio foi fechado por US$ 61 milhões.


Duas outras grandes aquisições foram feitas em dezembro. A primeira foi anunciada no dia 14, e absorveu a rede de transmissão de dados dos bancos Bradesco e Unibanco, pertencentes à empresa BUS (Bradesco Unibanco Services), por US$ 281 milhões. (…) Em 15 de janeiro deste ano [2001], a Portugal Telecom comprou 100% das ações preferenciais e 49% das ações com direito a voto da empresa de telefonia celular Global Telecom, por US$ 1,1 bilhão.’


** O novo movimento empresarial do Grupo Folha – abertura de capital com a criação da holding Folha-UOL S.A. – e o aporte de capital (cifra não revelada) da Portugal Telecom a troco de 21% do controle da empresa são, portanto, desdobramentos das íntimas relações negociais de antigos sócios.


C.Q.D.

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem