Domingo, 21 de Abril de 2019
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº1033
Menu

TV EM QUESTãO >

A relação entre anunciante, apresentador e emissora

Por Thiago Forato em 19/02/2013 na edição 734

Você acredita no que os apresentadores oferecem a você? É bastante comum ligarmos a televisão em uma tarde de domingo e, hora ou outra, os animadores pararem suas atrações e divulgarem um produto de uma determinada marca. O telespectador parte (ou deveria partir) da premissa de que se o artista recomenda um produto ao público, deve recomendar também à sua família. Pode ser até verdade. Alguns animadores e artistas não fazem merchandising de um produto em que não acreditam. Outros, contudo, não estão percebendo o que tem acontecido com um determinado anunciante nos últimos tempos.

O site “Neon Eletro” vem divulgando incessantemente inserções comerciais na grade do SBT e fazendo com que apresentadores da casa divulguem seu site, tais como Carlos Alberto de Nóbrega, Eliana, Celso Portiolli e Ratinho – as principais estrelas da casa. Obviamente, tamanha exposição e credibilidade de quem o faz (emissora e artistas), leva o público a acreditar na idoneidade do anunciante. Mas há alguma coisa errada.

Com uma rápida pesquisa no Google, o volume de reclamações referente à “Neon Eletro” e ao SBT é gritante. O anunciante, além de se manchar, consegue também arranhar a credibilidade do SBT, pois o telespectador confiou em seus artistas. Uma coisa leva a outra. Seria bem diferente se a “Neon Eletro” fizesse apenas inserções nos comerciais da rede, mas não: os apresentadores também emprestam seu nome e imagem.

Qualidade duvidosa

A empresa trabalha com importações, e promete trazer um produto de qualidade com um custo menor em relação às concorrentes no prazo de 60 dias úteis. Confira algumas reclamações abaixo no site “Reclame Aqui”:

 

 

 

 

Essas são só algumas dos milhares de reclamações no site “Reclame Aqui”. Sem contar as diversas que podemos encontrar no próprio site e até mesmo nas redes sociais.

Vale salientar que poucos foram os casos que vi em que a empresa deu algum tipo de parecer. E quando deu, foram respostas genéricas, sem solução. O SBT e seus artistas deveriam se policiar um pouco mais quanto a isso, já que é seu nome e credibilidade que estão em jogo. Dentre as várias reclamações, muitas culpam os artistas da emissora por propagarem uma empresa de qualidade duvidosa.

Tentamos contato com a empresa Neon Eletro, que não retornou para se pronunciar sobre o caso.

***

[Thiago Forato é jornalista, Ribeirão Preto, SP]

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem